A Microsoft já começou o processo de transição dos seus sistemas operativos mais antigos para o Windows 10. A aplicação Get Windows 10, que tem chegado aos utilizadores das versões windows 7 e Windows 8.1 desde o início do mês, tem uma funcionalidade que verifica se os seus ficheiros, aplicações e programas são compatíveis com a nova versão do sistema operativo.


Mas o facto de o utilizador fazer a reserva não quer dizer que esteja imune aos potenciais problemas que podem surgir. Por essa razão, mais vale prevenir e verificar quais os conteúdos que podem vir a não ser instalados com o upgrade.


Para isso, basta ao utilizador abrir o ícone de atualização do Windows 10 que surge na barra de ícones no canto inferior direito. Ai carrega em “Analisar o PC”, no menu de opções que vai surgir. Em segundos, é apresentado o resultado.





Num computador analisado pelo Tek, verificou-se que o único problema que este iria ter estava relacionado com o não suporte da placa gráfica.

No entanto, esta é uma situação que para já pode ser considerada como normal visto que muitas empresas ainda não estão totalmente preparadas para receber o sistema operativo. Ao longo das próximas semanas as tecnológicas vão continuar a trabalhar em atualizações para que os seus respetivos produtos suportem o Windows 10 sem erros.


Em alguns casos as atualizações poderão chegar já depois do lançamento oficial do Windows 10. Assim, se no seu relatório lhe aparecerem especificações incompatíveis deverá ser uma questão de tempo até que a compatibilidade seja total.




Se ainda não lhe apareceu o ícone da aplicação, certifique-se que obtém todos os requisitos necessários para a atualização. O Windows 10 vai estar disponível a 29 de julho e representa o grande plano da empresa para a unificação do software numa grande variedade de equipamentos.