Pondo em foco vetores como a experiência no destino, a otimização das operações e o turismo sustentável, esta iniciativa lançada pelo Turismo de Portugal compreende várias etapas, incluindo uma fase de aceleração em colaboração com os parceiros.

A seguir às candidaturas, que decorrem atualmente, e depois de escolhidas até 25 equipas, terá lugar um bootcamp de uma semana, entre 26 a 30 de Junho, de onde vão sair até 15 startups, para a fase de aceleração.

Seguem-se nove semanas de aceleração/pilotagem, com início a 11 de Setembro a 3 de Novembro, sendo que em Novembro haverá lugar a um Demo Day, para que as startups apresentem os pilotos que desenvolveram.

Esta iniciativa surge num momento em que se antecipa que o Turismo cresça a uma razão de 4% por ano, nos próximos 10 anos. De facto, o objetivo declarado é que, em 2027, Portugal possa registar 80 milhões de dormidas. No ano passado o país recebeu 53,5 milhões de dormidas, um novo recorde histórico para o sector, que representa um crescimento superior a 10%, sublinham organização e parceiros num comunicado enviado à imprensa.

Mais informação acerca do programa de aceleração em thejourney.pt.