Celebre o Dia da Mulher com cinco jogos onde as mulheres assumem o comando

A indústria dos videojogos também é conhecida por sexualizar em demasia as protagonistas dos jogos, mas entre propostas desta natureza também existem várias que representam as mulheres como elas são: inteligentes, aventureiras, destemidas e corajosas.

tek république

Numa semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, sugerimos alguns dos melhores jogos para Android, iOS e Windows Mobile protagonizados por personagens femininas. Afinal, num mercado onde o público feminino joga tanto ou mais que o masculino, seria de esperar que fossem muitos (e bons) os jogos disponíveis, dos mais variados géneros, centrados numa personagem do sexo feminino.

Nos jogos sugeridos "elas" terão que correr para libertar um povo oprimido, reunir pistas e tudo o que necessitar para resolver os mais estranhos e complicados casos policiais, fugir de um local assustador, calçar uns patins e acelerar atrás de um ladrão que roubou as suas preciosas maçãs ou ser interrogada sobre a morte do seu marido.

Hunger Games: Panem Run leva-nos de novo ao mundo dos “Jogos da Fome” onde Katniss terá de correr, evitando vários perigos e eliminando inimigos, para manter a esperança do seu povo viva. Agent Alice é uma investigadora sempre empenhada na resolução de estranhos e complicados casos, resolvendo crimes e mistérios que ninguém mais consegue decifrar. République é um jogo de ação furtiva onde o jogador assume o papel de uma rapariga chamada Hope com o objetivo de a ajudar a sair do local que a mantém presa evitando ser descoberta ao longo da sua fuga. Granny Smith é um jogo de plataformas onde uma heróica avó terá que perseguir um ladrão que quer roubar as suas maçãs. Por fim, Her Story coloca o jogador no papel de um detetive que terá que juntar pistas e tentar desvendar o caso de um homicídio de uma pessoa ocorrido em 1994. Para tal, será necessário aceder à base de dados da polícia e pesquisar através de centenas de vídeos com entrevistas realizadas a Hannah Smith, a esposa da vitima. O jogo baseia-se em vídeos de imagem real, protagonizados por Viva Seifert, que bem mereceu o prémio de melhor performance, que assume o papel da esposa.

Hunger Games: Panem Run

Correr pela liberdade

Baseado no filme "Os Jogos da Fome: Em Chamas", lançado mundialmente em 2013, Hunger Games: Panem Run é um jogo de corrida infinita que coloca a ação do filme nas mãos do jogador. Assim como no filme, é preciso vencer os 12 distritos apanhando chamas, materiais e bónus para manter a esperança do povo viva.

Panem Run coloca o jogador no papel de Katniss Everdeen, que tem de correr através de várias regiões apanhando diversos itens e evitando os inúmeros obstáculos. Os controlos são bastante simples, com o típico deslizar do dedo pelo ecrã para fazer o personagem saltar e agachar-se, evitando assim caixas e vedações eletrificadas. Existe ainda uma seção onde aparecem alvos que o jogador precisa acertar utilizando o famoso arco e flecha que a personagem utiliza nas obras originais. Ao fazê-lo com sucesso ganhará pontos extra. Os materiais apanhados podem ainda ser utilizados para construir novas setas que, em conjunto com os power-ups, ajudam a ultrapassar mais facilmente os diversos perigos.

Panem Run introduz uma componente multiplayer onde, através do login via Facebook, é possível comparar as pontuações com outros jogadores. É uma boa adição com o objetivo de levar os jogadores a prolongarem a sua experiência por mais tempo. Existe ainda uma roleta que o jogador pode girar na esperança de ganhar prémios para o ajudar ao longo da corrida. Hunger Games: Panem Run é um bom jogo do género, que, embora não introduza realmente nada de novo ou inovador, não deixa de ser divertido de jogar. Está disponível gratuitamente para dispositivos Android e iOS.

Agent Alice

Recolher pistas e provas para resolver complicados crimes

Protagonizado pela agente especial Alice Wallace, o jogador assume o papel de uma investigadora que se revela sempre empenhada na resolução de estranhos e complicados casos, resolvendo crimes e mistérios que ninguém mais consegue decifrar. O jogo decorre nos anos 60 que ficam retratados nos diversos cenários.

Embora existam variantes, trata-se de um típico jogo "point n' click" onde o principal enfoque é pesquisar por objetos escondidos em diferentes e populados cenários, tarefa que é preciso realizar o mais rápido possível uma vez que existe um tempo limite para completar cada nível. Ocasionalmente, será necessário completar pequenos minijogos que não são mais que desafiantes quebra-cabeças onde, geralmente, é preciso utilizar determinados objetos do jogo.

Jogos deste género primam pela componente gráfica e Agent Alice não desilude, com um grafismo de elevada qualidade cujos desenhos ficaram a cargo da famosa ilustradora Daniela Uhlig. Agent Alice possui ainda uma empolgante banda sonora e vários efeitos sonoros que tornam a experiência de jogo mais imersiva e empolgante. O jogo conta ainda com vários episódios, todos com enredos interessantes e envolventes.

Agent Alice é talvez o jogo do género de objetos escondidos mais popular para smartphones, dotado de um visual deslumbrante e de uma jogabilidade desafiante. Trata-se de um jogo gratuito e está disponível para Android e iOS.

République

Fugir sem ser descoberto

République é um jogo de ação furtiva composto por cinco episódios onde o jogador assume o papel de uma rapariga chamada Hope com o objetivo de a ajudar a sair do local que a mantém presa, evitando ser descoberta ao longo da sua fuga. As ações que o jogador será capaz de fazer para guiar Hope irão aumentando durante o curso do jogo, tornando a experiência muito variada.

O enredo do jogo tem lugar num futuro distópico, onde um governo totalitário proíbe qualquer tipo de dissidência. A personagem principal, Hope, foi presa por esse regime, culpada da mesma dissidência que o governo está a tentar erradicar a todo custo. A trama desenrola-se lentamente, mas de forma constante, onde todos os elementos encontrados no jogo são usados para fazer a história progredir, bem como estabelecer o mundo em torno de Hope e dar algumas indicações sobre a peculiar situação política.

Decidido a ajudar Hope, o jogador assume o controlo da rede de vigilância do local que a mantém cativa e orienta Hope em torno do prédio enquanto evita que a detetem. Para além de poder controlar as câmaras de segurança e movê-las, o jogador pode ainda destrancar portas, apanhar objetos, identificar inimigos, desativar sistemas de segurança e muito mais. Embora possa saltar de câmara para a câmara, o jogo não deixa passear muito longe da posição atual de Hope. Depois de preparar todo o terreno, é a vez de fazer Hope mover-se, fazendo-a andar, correr ou esconder-se, tudo de acordo com o plano traçado anteriormente de forma a evitar que ela seja apanhada.

Trata-se de um jogo que mantém o jogador sempre em constante alerta por diversas razões. Embora por vezes o jogo siga os mesmos padrões repetidamente, é também verdade que os inimigos vão fazer de tudo para matar a protagonista caso esta seja descoberta. Isto acrescenta ainda mais razões para aprender a jogar corretamente e ser tão furtivo quanto possível.

Os itens encontrados são utilizados para adicionar mais detalhes à história, servindo ainda como uma boa diversão para a típica jogabilidade, uma vez que todos eles têm uma identidade própria.

République é um jogo realmente encantador. Tudo no jogo exala personalidade, algo que dificilmente pode ser dito sobre muitos outros títulos modernos. A experiência de jogo, asseguramos, foi magistralmente trabalhada. O jogo está disponível por cerca de 2 euros para equipamentos Android e iOS.

Granny Smith

Perseguir o ladrão e recuperar as maças

Granny Smith é um jogo de plataformas onde assumimos o papel de uma heróica avó na perseguição do ladrão que quer roubar as suas maçãs. O jogo apresenta um estilo semelhante ao clássico Sonic, com diversos níveis onde é preciso apanhar as moedas e a fruta que vai sendo deixada para trás.

Como correr já não é tão fácil para a audaciosa avó, ela apetrecha-se com um par de patins e sai rapidamente em busca do ladrão. A jogabilidade é muito simples, existindo apenas duas ações possíveis: saltar e usar a bengala. Será preciso ser rápido pois não existem caminhos fáceis, um salto mal calculado e a destemida avó acaba virada de cabeça para baixo no fundo de um poço. Em alguns casos, isto vai fazer com que tenha de reiniciar o nível.

A bengala é usada para encaixar em coisas, como fios, de forma a fazer a avó deslizar. Isto não é uma opção, em muitos casos é mesmo a única forma de prosseguir. Será ainda preciso utilizar a bengala para baloiçar e saltar, sendo sempre preciso ser bastante rápido na escolha do momento certo para enganchar ou libertar a bengala.

Cada nível é classificado com pontos atribuídos pela recolha das moedas e ainda pela obtenção das três maçãs.

Os níveis são curtos o suficiente para o jogador experimentar e perder uma série de vezes de forma a ter uma ideia melhor do que precisa de fazer para depois conseguir passá-lo sem problemas.

Granny Smith é um desafiante e divertido jogo de plataformas, disponível por cerca de 2 euros para dispositivos Android e iOS.

Her Story

Descubra o assassino através de um acervo de misteriosos vídeos

Criado por Sam Barlow, argumentista e designer de conhecidos jogos, como Silent Hill: Shattered Memories e Aisle, Her Story coloca o jogador no papel de um detetive que terá de juntar pistas para desvendar o caso de um homicídio de uma pessoa ocorrido em 1994.

O jogo baseia-se em vídeos de imagem real, protagonizados por Viva Seifert, que aqui assume o papel da esposa da vítima.

O jogador terá que, através da pesquisa por palavras, aceder a um conjunto de vídeos de forma a ir juntando as peças e pistas deste estranho caso.

Ao início, a lista de palavras a pesquisar é bastante limitada, existindo apenas "murder", "husband" e pouco mais. Sim, palavras em inglês pois o jogo está todo em inglês, e é fulcral perceber o que a esposa da vítima diz nos diversos vídeos para que se possa, depois, realizar novas pesquisas e aceder a novos testemunhos que poderão dar importantes pistas. Por isso, um bom domínio da língua inglesa é essencial.

Os diversos vídeos estão indicados com uma cor: a vermelho estão os vídeos cujo acesso ainda não foi desbloqueado, a verdes os descobertos e analisados e, por fim, a amarelo, estão os já descobertos, mas que ainda escondem pistas não identificadas. Estas cores acabam por tornar-se numa ajuda, especialmente nos vídeos a amarelo.

Her Story não é um jogo linear, os jogadores poderão seguir pistas e caminhos diferentes nas suas investigações, não existindo uma forma predefinida para resolver o caso. Por isso, é uma experiência única para cada um.

Her Story é um jogo com uma premissa simples, recheado de mistério e intriga. Trata-se de um título diferente, com uma jogabilidade original e desafiante, um dos melhores criados para smartphone, e, definitivamente, um jogo que ninguém deve deixar de experimentar. Custa cerca de €2,99 para iOS e €5,99 para Android.

Nokia 3310

O Nokia 3310 recupera a nostalgia de uma das primeiras gerações de telemóveis. Está disposto/a a comprar um?

Mais informação

  • Sim e vou abandonar o meu smartphone

    19%

  • Sim, mas só para jogar Snake

    10%

  • Vou oferecer a alguém

    10%

  • Não, é só um "dumbphone"

    59%