Colecionar cromos, fazer as contas sobre o apuramento de equipas no Euro2016 ou adquirir competências para se tornar um verdadeiro treinador de bancada são algumas das aplicações que testámos. Mas há mais.

Esta semana temos um conjunto de sugestões para aumentar as suas capacidades como DJ, e um chat que promete recuperar algumas emoções do mIRC. E há ainda uma app que promete ajudá-lo a falar inglês com a pronuncia certa, mas que não foi escolhida a propósito do BREXIT.

Siga pelas próximas páginas e veja as apps que a equipa do Tek experimentou para si. Vai ver que se podem tornar úteis.

 

Colecione os cromos do Euro 2016 no seu smartphone

A Panini criou uma versão virtual da sua caderneta de cromos para o Euro 2016 e levou-a para as plataformas móveis com uma aplicação dedicada. Até 31 de agosto, a coleção pode ser feita online.

 

A febre dos cromos é uma "doença" que não sucumbe com o tempo. No entanto, para acompanhar as tendências tecnológicas, a Panini apostou em complementar a sua oferta com uma versão digital da sua caderneta.

Em competições internacionais, o primeiro álbum virtual surgiu em 2010 com o Mundial de Futebol na África do Sul e o sucesso do formato assegurou a sua continuidade.

Este ano a Panini vai abrir a caderneta entre 20 de março e 31 de agosto e, à semelhança do que aconteceu em 2014, a empresa criou uma aplicação dedicada para que possa levar o seu álbum de cromos para todo o lado.

Embora esta experiência retire o prazer de comprar as saquetas e colar os cromos na caderneta, de os trocar e depois guardar como memória, a caderneta virtual vai permitir-lhe poupar muito dinheiro e participar num contexto virtual de coleccionismo que se vai articulando com vários desafios e objetivos.

Para começar a construir a sua caderneta, cuja versão online é mais curta que a física, é preciso criar um perfil ou utilizar uma das redes sociais para se registar no site. A Panini oferece-lhe de imediato duas carteiras com cinco cromos cada uma e outras duas a cada dia em que registar atividade na sua conta. Outro dos métodos mais comuns nesta versão da caderneta é a utilização de códigos promocionais que se vão escondendo um pouco por toda a internet.

Convidar amigos para se juntarem à comunidade de coleccionadores virtuais, participar nos desafios organizados pela Panini e completar as páginas das seleções também pode dar direito a uma saqueta extra.

A emoção das trocas não passa por encontrar coleccionadores à porta da estação ferroviária do Rossio mas os cromos podem ser armazenados e trocados com outros utilizadores através de grupos ou da plataforma de trocas que a Panini criou dentro da app.

Se conseguir completar a caderneta até 31 de agosto, passa a fazer parte de um sorteio que lhe pode conceder a oportunidade de receber uma colecção completa em papel.

A aplicação Panini Sticker Album está disponível gratuitamente para Android e iOS

Veja a próxima aplicação

 

Torne-se um DJ de sucesso com o seu smartphone ou tablet. Ou pelo menos tente

Há uma app móvel capaz de dar música a todo o prédio nas suas festas caseiras. E ainda é compatível com o Apple Watch, além das versões disponíveis para equipamentos iOS e Android.


O edjing 5 DJ Music Mixer Studio autoapelida-se como a app de DJ número um em todo o mundo, com mais de 30 milhões de utilizadores. Não duvidamos que tal dado seja verdade, mas temos a certeza que esta é uma divertida forma de transformar o tablet ou o smartphone numa autêntica mesa de mistura.

Além das muitas funcionalidades ligadas às tarefas de DJ, a app edjing 5 DJ Music Mixer Studio é gratuita e surpreende num ponto em particular: existe uma versão destinada ao Apple Watch, algo que não acontece com muitas apps que não tenham sido desenvolvidas pela própria Apple.

Pode utilizar o seu smartphone ou tablet Android ou iOS para “mixar” músicas em MP3, sendo possível recorrer aos sons armazenados pelos utilizadores nas contas de serviços de música online como o SoundCloud e o Deezer, por exemplo. Há ainda suporte para música vinda de vídeos do Vimeo.

Entre as capacidades da app está a deteção automática das BPM das músicas misturadas, a função Sync contínua, simulação realista de efeitos, gravação em HD e no formato WAV e efeitos sonoros Loop e Equalizer, por exemplo.

Como já referimos, a app edjing 5 DJ Music Mixer Studio está disponível gratuitamente para smartphones ou tablets Android ou iOS, e também para Apple Watch. Existem também versões Pro com preços de 4,99 e 9,99 euros para Android e iOS, respetivamente.  

Veja a próxima aplicação

 

Precisa de ajuda para fazer as contas do Euro2016? Há uma app para isso

Com vitória passa, com empate também, se perder tema vida difícil... Estas são as contas que muitas equipas tiveram de fazer nesta fase do Euro2016, mas há formas mais fáceis de traçar rumos e recuperar história de competições anteriores.

A aplicação que sugerimos é a European Championship App, desenvolvida pela Qlik, uma empresa de TI especializada na análise visual de dados que pegou na informação dos campeonatos europeus desde 1960 e a condensou numa ferramenta de consulta para quem gosta de futebol.

Os dados podem ser simplesmente consultados, para ver quem jogou contra quem numa desterminada fase, mas servem também para ajudar a definir probabilidade, comparando, por exemplo, o número de vezes em que cada uma das seleções esteve no Europeu, e o número de golos marcados, entre outros dados.

A eficácia de cada jogador, em comparação direta, o seu desempenho durante um jogo e a listagem dos melhores de cada seleção, são alguns dos dados apresentados.

Portugal já está passou para a próxima fase, mas esta semana foi preciso recorrer à calculadora para perceber se ficaria em 2º ou 3º lugar no grupo, o que mudaria cenários de seleções a defrontar.

O próximo adversário é a Polónia. Quer saber quais são as probabilidades de ganharmos? Podemos adiantar que não são muito favoráveis...

A próxima fase é o célebre  "mata-mata" de eliminação, mas vale a pena ter mais uma ferramenta na carteira para o caso de ser precisa no futuro...

Veja a próxima aplicação

 

ELSA, a assistente virtual que o põe a falar inglês com a pronúncia certa

Falar corretamente uma língua estrangeira obedece a mais do que um preceito, nomeadamente o “sotaque”. A aplicação que lhe vamos falar a seguir promete ajudar nesse sentido.

Chama-se ELSA e é uma assistente virtual (móvel) com uma função muito específica: ensiná-lo a falar inglês com a pronúncia correta.

Esta aplicação de download gratuito funciona de forma idêntica a outras apps para aprender línguas estrangeiras. Logo de início pergunta qual a língua nativa para depois apresentar uma série de palavras e frases em inglês que o utilizador terá de pronunciar.

A assistente interativa ELSA vai ouvir o que foi dito e dizer ao “aluno” em que parte das palavras ou frases deve corrigir o seu “sotaque”.

A ELSA começou por ficar disponível para Android, mas atualmente também já pode ser descarregada para dispositivos iOS.

    

Veja a próxima aplicação

 

Chatible: O bot do Messenger que o cruza com desconhecidos de todo o mundo

O propósito deste bot é dar-lhe a conhecer pessoas novas com um nível de anonimato quase impossível de obter na internet de hoje em dia.

Lembra-se de quando o mIRC era o rei da internet? Aquele programa onde as pessoas se perdiam em conversas de horas com desconhecidos nas várias salas de chat? Pois é, mas já lá vai o tempo em que o mIRC desempenhava um papel essencial no quotidiano cibernáutico dos utilizadores. Hoje em dia, apesar de maior, a internet deu-nos formas mais organizadas e previsíveis de conhecer pessoas. Chegou o Facebook, o LinkedIn, o Twitter, o Tinder e um infindável leque de outras opções que nos permite pesquisar criteriosamente por utilizadores de todo o mundo.

O Chatible quer quebrar a corrente. É uma ferramenta nova, mas com mentalidade de veterana e consiste em não mais do que um bot que lhe dá acesso a milhares de desconhecidos espalhados pelo mundo. Para interagir com ele basta enviar uma mensagem para a página do Chatible e nessa mesma janela de chat vai ser possível conversar outros utilizadores escolhidos de forma completamente aleatória. Quando perder o interessa na conversa, basta pedir um New Chat para o bot o cruzar com outro desconhecido. Se quiser simplesmente terminar a conversa basta dar um "thumbs up".

A interação é feita de forma completamente anónima; não há nomes, fotografias ou nicks que identifiquem os intervenientes, trazendo de volta à internet um anonimato que se perdeu no tempo.

Se quiser experimentar, não se esqueça de descarregar a app que está disponível para iOS, Android e Windows e dizer um "Oi!" ao Chatible. Depois de colocar um "gosto" na página, claro.

 

    

Veja a próxima aplicação

 

 

Uma app para quem quer ser treinador de futebol

“Quem quer ser treinador” : Como o próprio nome indica, esta é uma aplicação móvel destinada a todos os “treinadores de bancada” portugueses. Mas sob a forma de quiz e apenas para quem é dono de uma boa cultura futebolística.

Na "ressaca" do jogo de Portugal-Croácia, e em dia de pausa dos trabalhos da seleção, deixamos uma sugestão aos amantes de futebol que aspiram a ser mais do que isso e um dia chegarem a treinador, quem sabe.

“Quem quer ser treinador” é o nome da app Android em causa, criada pelo programador português Gustavo Fialho (Guspt Studio). Com inspiração no famoso concurso televisivo, este é no fundo um quiz de cultura geral futebolística, totalmente em português, pensado para testar os conhecimentos dos mais bem informados fãs de futebol.

No tradicional formato de resposta múltipla, este quiz inclui vários elementos extra relacionados com futebol, sendo possível desafiar a inteligência da app ou defrontar um amigo, tudo usando apenas o smartphone Android.

Pelas próprias palavras dos responsáveis pela criação da app, esta é também uma boa forma de “diversão enquanto se sabe mais sobre o futebol mundial”. “Quem quer ser treinador” está disponível gratuitamente na loja Google Play.   

 

 

Por hoje fechamos "a loja", mas amanhã temos mais sugestões e nova energia para o seu smartphone.