A fotografia está novamente em destaque esta semana nas aplicações reunidas pela equipa do TEK, mas há mais sugestões, desde apps para descobrir os ingredientes usados em muitos produtos até uma ferramenta para gerir dinheiro ou um despertador personalizado.

As opções são para iOs e Android na semana em que a Google anunciou a renovação da loja Google Play e a possibilidade de experimentar as aplicações sem as instalar. Isto poderá mudar a forma como descobrimos novas apps, mas não há nada como ler o que a equipa do TEK escreveu antes de começar a instalar as apps que sugerimos esta semana. Passe pelos textos abaixo e veja as galerias para descobrir mais detalhes.

Sabe que ingredientes têm os seus produtos de higiene ou beleza? Se não sabe, Think Dirty

Rótulos duvidosos e termos incompreensíveis tornam difícil perceber o que são e para que servem os ingredientes dos cosméticos que colocamos na pele. A Think Dirty diz-lhe quão “dirty” é o gel de banho ou champô que usa.

Em média, as mulheres usam 12 produtos por dia, totalizando cerca de 168 químicos em contato com o corpo, o que pode ser mais nocivo que a própria ingestão das substâncias porque a absorção acontece diretamente pela corrente sanguínea, sem qualquer tipo de filtragem e sem qualquer proteção contra as toxinas.

Com a aplicação Think Dirty, criada por Lily Tse, pode escrever o nome ou scanear o código de barras de um produto, sendo-lhe dada uma classificação com base nos ingredientes tóxicos e químicos, se tem, ou não, ingredientes naturais, e quão “poluído” (dirty) é o produto em termos de toxicidade e potencial cancerígeno.

A classificação dos cerca de 68.000 produtos listados na app vai de 1 a 10, sendo 10 o valor de um produto a evitar e os utilizadores podem ligar a aplicação ao Facebook para adicionar amigos, partilhar itens e guardar produtos na prateleira de uma casa de banho virtual, que também obtém uma nota geral.

Tendo como objetivo principal educar os consumidores e ajudá-los a tomar decisões mais acertadas na compra dos produtos, a aplicação gratuita está disponível para Android e iOS.

Adobe Spark Post: uma app que ajuda a animar as suas publicações nas redes sociais

A aplicação da Adobe permite adicionar efeitos às suas fotografias com a ajuda de poucos cliques garantindo que mesmo sem muita edição o resultado é perfeito.
A criatividade nem sempre ajuda e o tempo para transformar um post numa pequena obra de arte também nem sempre abunda, e por isso esta aplicação pode ser a melhor amiga de quem quer fazer com que as suas Instagram Stories sejam mesmo apreciadas.

O processo de criação pode começar na aplicação para iOS ou no browser, juntando elementos ou usando os que já estão criados e disponíveis para utilização livre, mas também usar as suas próprias imagens de base, adicionando texto, mudando fontes e cores. De qualquer das formas o processo é todo simplificado para tornar qualquer elemento num post animado, com efeitos de texto e de vídeo.

As dimensões e posts têm diversas opções e se escolher um efeito de animação pode transformar a sua fotografia num vídeo de 4 segundos, e depois é simples a sua publicação direta nas redes sociais que utiliza.

A aplicação Adobe Spark Post está disponível para iOS e pode ser usada também no browser. Só tem de fazer o registo mas o acesso é gratuito.

Já havia a Shazam para encontrar música e agora há a Tagzam para descobrir a hashtag ideal

Se está entre os que demoram uma eternidade a escolher hashtags cada vez que publica uma foto numa rede social, a Tagzam foi feita à medida para si. E mesmo não estando, não perde nada em conhecer a história desta app criada por portugueses.

A comparação com a popular Shazam é feita pelos próprios fundadores da startup que está por detrás da Tagzam, mas se no primeiro caso se trata de identificar a música a tocar em determinado momento, a proposta de André Freitas e Rui Peixoto passa por achar as melhores hastags para colocar na legenda de determinada foto.

A app analisa a fotografia que pretende publicar - no Instagram, no Twitter ou noutra rede social da sua preferência que use hashtags – e, de forma automática, sugere-lhe as hashtags ideais com base no conteúdo da imagem em questão.

“Em menos de 30 segundos, tem uma fotografia com as melhores hashtags pronta a ser publicada”, garante a equipa.

A Tagzam começou a ser desenvolvida no último trimestre de 2016 e esteve em Beta desde janeiro deste ano até há cerca de um mês. “Decidimos então que a maturidade atingida já permitia avançar para um lançamento público”, referiu André Freitas em declarações ao TEK. “Há muito para fazer ainda, mas encontrámos o equilíbrio certo entre janela de oportunidade e funcionalidades incluídas na primeira versão”.

Neste pouco tempo disponibilização o balanço é “extremamente positivo”, considera “Recebemos diariamente dados analíticos que nos dão a energia para continuar. Já tínhamos lançado uma aplicação antes mas, neste momento, é incomparável em termos de aceitação e fidelização. Estamos muito satisfeitos”.

A aplicação é gratuita e está disponível para dispositivos Android e iOS.

HQ Trivia, a nova proposta dos criadores do Vine

Imagina-se a jogar uma espécie de “Quem quer ser milionário” em direto? É algo do género que propõem Rus Yusupov e Colin Kroll com uma nova aplicação.
A aplicação em questão chama- se HQ Trivia e dá aos jogadores a possibilidade de responderem em tempo real a diferentes perguntas.

Tudo acontece a uma hora certa, todos os dias, com o comediante Scott Rogowsky como anfitrião, que coloca as questões. Os participantes têm 10 segundos para responderem, antes de passarem à pergunta seguinte. À medida que vão acertando, concorrem por um prémio diário em dinheiro.

O HQ Trivia está disponível apenas para dispositivos iOS.

Lançada há cerca de dois meses, a HQ Trivia foi desenvolvida pelos criadores do Vine, Rus Yusupov e Colin Kroll, que acabou adquirido – e depois "exterminado" – pelo Twitter. Entretanto, os dois cofundadores iniciaram novos projetos, como a app de vídeo em direto Hype.

Se acha que gasta mais do que é suposto a Digit propõe-se ajudá-lo

São muitas as aplicações de finanças pessoais que têm surgido para ajudar os utilizadores a criarem orçamentos e a entender melhor as suas finanças. A Digit funciona como se fosse o seu porquinho mealheiro... sem que tenha de pensar nisso. Mas tem limitações. O conceito por trás da aplicação é bastante simples: cria uma conta, permite o acesso da mesma à sua conta bancária online e a aplicação vai transferindo gradualmente fundos da sua conta corrente para uma conta poupança.

A Digit não lhe pergunta quanto quer poupar. Através da análise dos hábitos de gastos diários e histórico de pagamentos, a aplicação utiliza um algoritmo que determina o valor a transferir de uma conta para a outra.

E, em vez de sobrecarregar os utilizadores com informações, o modo principal de comunicação da Digit é via SMS, enviando atualizações diárias acerca do saldo da sua conta corrente. Ocasionalmente, também as atualiza quanto ao que economizaram ao longo de uma semana ou um de um mês.

Quanto à segurança, a aplicação não guarda o login e passe do banco e mantêm a informação segura e criptografada.

O senão: apesar de estar disponível para iOS e para Android, apenas funciona nos EUA.

AlarmMon: Um alarme feito à medida do sono de cada um a que a Google acha piada

Os seus criadores dizem que acordam 25 milhões de pessoas todos os dias no mundo inteiro e a PlayStore já a destacou como uma das apps do momento. Mas o que é que esta aplicação de alarme tem assim de tão especial?

Na sua principal missão de o tirar da cama, a AlarmMon é a típica aplicação de alarme. A distinção face à maior parte das concorrentes está em alguns dos recursos usados.

Há alarmes para todos os gostos: barulhentos, alarme mais “tranquilos”, vídeos e voz, e até pode escolher ser acordado “ao som” do seu ídolo.

Entre as opções mais populares para tirar os utilizadores da cama está o alarme tipo jogo, em que vai ser necessário interagir com personagens para que o “despertador” se cale. E a maior garantia dos criadores desta app é que, independentemente da escolha, o alarme vai ser tão barulhento que não vai ter outra hipótese senão acordar… de vez.

O AlarmMon é gratuito e está disponível para dispositivos Android.