A equipa do Tek passa muito tempo agarrada aos smartphones a testar os equipamentos mas também novas aplicações, ou novas funcionalidades em apps. Esta semana publicámos a análise do novo Huawei P10, um smartphone com alma de fotógrafo, e fomos a Londres espreitar e experimentar o Samsung Galaxy S8, o novo topo de gama da marca. Mas pelo meio tivemos tempo de alinhar novas propostas de aplicações para os nossos leitores.

Uma nova app para os beneficiários da ADSE, a adptação do Tinder para o PC e as Stories do Facebook estiveram em destaque, mas há mais, como a Privacy Shade ou um teste de fluidez para as aplicações móveis.

Passe pelas páginas abaixo para ver todas as propostas e as nossas impressões sobre as aplicações para iPhone e Android. Vai encontrar novas apps com as quais pode dar mais gás aos seus equipamentos, ou novas formas de as utilizar.

 

A sua informação da ADSE está mais próxima com uma nova app 

A ADSE lançou hoje a sua primeira aplicação móvel para beneficiários do subsistema de saúde que podem agora realizar diversos serviços através do smartphone ou tablet e verificar reembolsos.

A aplicação está disponível para equipamentos iOS e Android e foi colocada nas lojas de aplicações na passada quinta feira, dia 23, abrindo a possibilidade dos beneficiários deste sistema de saúde poderem realizar uma série de operações que antes estavam estavam acessíveis apenas na ADSE DIRETA e no Atendimento Online. Mas há também funcionalidades novas.

Com a app os titulares do serviço ADSE podem receber alertas sobre pagamento de reembolsos, ou indicações de que estão a ocorrer anomalias nesses pagamentos. Segundo a ADSE, este novo mecanismo de comunicação personalizada permitirá, gradualmente, substituir as comunicações em papel por emails e mensagens via app.

O novo Cartão Digital Online é também um dos benefícios, abrangendo toda a família com a confirmação dos direitos, e substituindo o cartão em papel. Quando viajam pela Europa os utilizadores podem ainda pedir o Cartão Europeu de Seguro de Doenças (CESD) através da app.

Conte ainda com um simulador de reembolsos que permite saber qual o valor estimado do valor das despesas de saúde que tem direito a receber, e verificar as regras e limites aplicáveis.

A app está suportada num novo sistema de autenticação dos utilizadores da ADSE que tem de ser associada ao número de beneficiário na plataforma ADSE DIRETA.

Segundo informação da ADSE, nos próximos meses está prevista a expansão dos serviços, com a pesquisa na rede de prestadores de serviços com acordo da ADSE e o histórico de cuidados de saúde, assim como a posição global e o pedido de reembolso através da aplicação.

A aplicação MyADSE pode ser descarregada gratuitamente para iPhone e iPad na App Store e para smartphones e tablets Android na Google Play.

Siga para a próxima página e veja a próxima app

 

O próximo match no Tinder pode estar no computador mais perto de si

Depois do sucesso nos universos Android e iOS, a aplicação de encontros ganha agora um formato web. Vem aí o Tinder Online e com algumas diferenças face às plataformas móveis.

Em Portugal a página ainda mostra um aviso a indicar que a nova versão vai estar disponível brevemente, mas em alguns países já está a funcionar, mais propriamente a ser testado. É o caso da Argentina, Brasil, Itália e Suécia.

Segundo avança a própria empresa, no seu blog, o Tinder Online tem algumas diferenças face ao que os utilizadores estarão habituados no smartphone. É exemplo o popular “deslizar” - para a direita ou para a esquerda, consoante se gosta ou não do que se vê – que em frente ao computador será substituído por um arrastar com o rato.

Além disso, o serviço terá sido otimizado para a apresentação num ecrã maior, oferecendo uma melhor experiência de utilização no que às mensagens diz respeito, mostrando o perfil da “correspondência” enquanto se está no chat da aplicação.

Já de forma idêntica ao que acontece no mobile, a versão web obriga o utilizador a fazer login com a conta do Facebook.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

 

O Facebook também já tem Stories. Aprenda a usá-las

Depois do Instagram, do WhatsApp e do Messenger, chegou a vez do Facebook passar a contar com esta funcionalidade que é em tudo igual ao sistema de partilha que popularizou o Snapchat.

Não há dúvida de que Mark Zuckeberg decidiu atalhar na inovação do Facebook e das outras aplicações que que lhe pertencem. Pelo menos nos últimos meses. De acordo com o Engadget, que esta terça-feira reuniu um conjunto de funcionalidades recentemente integradas no Instagram, WhatsApp, Messenger e no próprio Facebook, estas quatro aplicações têm hoje muito de Snapchat e cada vez menos de si próprias.

A mímica de que a aplicação de Evan Spiegel tem sido alvo iniciou-se com a adição das Stories ao Instagram. Neste caso, o famoso sistema de partilha de imagens e vídeos autodestrutivos que popularizou o Snapchat, adotou apenas um novo nome e uma interface adaptada à linha estética vigente na app. Depois seguiu-se a introdução no WhatsApp e no Messenger, onde a funcionalidade foi também implementada da mesma forma. E agora, depois de ter sido testada em janeiro, é a vez do Facebook se juntar ao grupo com tudo aquilo que o sistema compreende, incluindo uma câmara com filtros, efeitos e máscaras.

Neste último caso, as Stories não serão reproduzidas na versão desktop da rede social. E na app, serão tão fáceis de utilizar quanto nas restantes aplicações.

Assim que abrir o Facebook, vai surgir, logo abaixo da barra de pesquisa e das principais secções (pedidos de amizade, notificações, newsfeed, menu) um novo espaço que se divide entre o "Privado" e as Stories dos seus contactos. No "Privado", é possível partilhar fotos e vídeos autodestrutivos diretamente com os contactos que selecionar. Para isso, basta clicar em "Enviar Foto/Vídeo", registar o momento, decorar com as máscaras, os filtros e as frases que desejar e enviar.

Para colocar um fotografia ou um vídeo disponível para todos os seus amigos do Facebook, terá de adicionar o conteúdo diretamente do newsfeed onde diz "A tua história".

Se clicar nas Stories dos seus contactos vai poder ver os conteúdos publicados por eles nesta secção e navegar entre imagens e vídeos através de cliques à direita (prosseguir) e à esquerda (retroceder) do ecrã. Se quiser responder diretamente à publicação de uma pessoa, também o poderá fazer através da opção que surge no rodapé de cada conteúdo. E também pode dar um olhinho na sua história. Ao assistir aos seu conteúdos publicados, o Facebook dá-lhe ainda informações adicionais relativamente ao número de pessoas que visualizaram cada um dos seus posts.

"Aquilo a que temos assistido é que a forma como as pessoas criam conteúdos está a mudar, do texto para as fotografias e para os vídeos. [...] Temos tentado atualizar a aplicação para a deixar mais centrada na forma como as pessoas se comportam e criam conteúdos. E isso vai começar com a câmara", justificou Connor Hayes, um dos gestores de produto do Facebook. "A câmara coloca os conteúdos visuais no coração da experiência que as pessoas têm no Facebook".

Siga para a próxima página e veja a próxima app

E com o Galaxy S8 chegou também uma nova app para navegar na internet

A Samsung apresentou várias novidades esta quarta-feira. Uma delas é um novo browser que integra várias funcionalidades contextuais e que já está disponível (em fase beta) na loja de aplicações da Google.

Ao contrário do Galaxy S8, esta aplicação não é nova. Na verdade, a Samsung Internet Beta, o novo browser móvel da gigante tecnológica, foi adicionada à Play Store no princípio deste mês de março. No entanto, dada a recente apresentação desta quarta-feira, as funcionalidades desta app escondem agora poucos mistérios.

Esta versão, tal como os mais recentes produtos da Samsung, traz novidades. Integra suporte para o serviço de pagamentos móveis da empresa, um leitor de códigos QR e um sistema de sugestões contextuais que absorve informações acerca dos serviços disponíveis no sítio onde se encontra.

Outra das funcionalidades disponíveis é potenciada pelo reconhecimento do sensor de impressões digitais do seu equipamento que pode aqui ser utilizado para autenticar passos ou desbloquear páginas.

Esta é a versão beta da aplicação e essa condição assegura ainda que este é o sítio onde a Samsung testará novas funcionalidades antes de as disponibilizar na versão final da app.

A Samsung Internet Beta é uma aplicação gratuita e está disponível no Android, mas só para equipamentos Samsung ou Google Nexus. Estes últimos têm de ter um sistema operativo 5.0 Lollipop, ou superior, instalado.

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Crie uma "capa" de privacidade para o seu ecrã com o Privacy Shade 

Já sentiu que estão a olhar sobre o seu ombro quando está a escrever uma mensagem mais privada, ou a ler um documento sensível? A aplicação Privacy Shade ajuda a manter os olhares indiscretos afastados do ecrã do seu smartphone ou tablet.

Quando estamos em ambientes públicos nem sempre queremos que outras pessoas consigam ler os documentos ou ver as imagens dos nossos smartphones. E com ecrãs cada vez maiores a privacidade torna-se quase impossível. Mas a BlackBerry pensou nisso.

A empresa desenvolveu uma app que vem pré-instalada nos equipamentos da marca mas que pode ser descarregada para qualquer smartphone Android, com as mesmas funcionalidades.

A Privacy Shade cria uma "capa" de proteção aos conteúdos, escurecendo o ecrã e limitando a área que está visivel, aumentando desta forma a privacidade da informação e dificultando a leitura para outras pessoas que estão no mesmo espaço. 

O utilizador tem todo o controlo para definir a área que quer ver no ecrã, e ajustar a transparência e o sombreado colocado sobre os conteúdos que está a ler, ou a escrever.

A aplicação está disponível para download gratuito na loja Google Play.

 

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Nova app permite programar envio de mensagens. Ou algo assim

O que a Scheduled propõe é mais lembrá-lo que tem determinada mensagem para enviar. Mas também é verdade que quando chegar à altura do envio terá tudo pronto e vai ser só carregar no botão.

Isto porque esta aplicação, lançada recentemente, permite programar todos os detalhes da mensagem: hora de envio, destinatário e o próprio do texto da mensagem.

No dia e hora escolhidos, é acionada uma notificação de aviso e a aplicação abre com tudo o que tinha sido programada anteriormente, sendo que o utilizador terá apenas de carregar em “enviar”.

A Scheduled está disponível para iOS numa versão gratuita, embora algumas funcionalidades – a programação simultânea de mais do que quatro envios – sejam pagas. Além do Sistema iMessage, suporta outros serviços como Facebook Messenger, Whatsapp, Telegram e Twitter.

Siga para a próxima página e veja a próxima app

Meteor: teste a fluidez das suas aplicações móveis

Com esta app pode testar a velocidade da sua internet, mas também a rapidez e fluência com que é possível operar as suas aplicações móveis. A sua rede até pode ser rápida, mas será que satisfaz as exigências das suas apps? 

A Meteor é uma aplicação onde pode fazer testes de velocidade. No entanto, ao contrário da maioria das propostas do género, esta não lhe oferece apenas a possibilidade de testar a velocidade da sua internet, mas também a rapidez e a fluência com que funcionam as várias aplicações que tem instaladas no seu smartphone.

Aqui, sem qualquer anúncio ou outro tipo de publicidade, pode ficar a perceber em que condições é que o seu telefone está a correr aplicações como o YouTube ou o Facebook. Os resultados são decididos de acordo com a latência da sua rede e os limites (mínimos e máximos) de velocidade que cada uma das aplicações apresenta para executar determinadas tarefas, como o download de um ficheiro ou o upload de uma fotografia. Os resultados são depois apresentados num gráfico e através de uma nota qualitativa.

Note que a app tem um leque restrito de apps que pode testar, mas está aberta a sugestões acerca de outras aplicações que considere valioso acrescentar. Por enquanto, a lista é composta por Google Chrome, Amazon, Dropbox, Flipboard, Gmail, Google Maps, Instagram, Skype, Facebook, Spotify, Twitter, Uber, Google Street View, Waze, YouTube e WhatsApp.

 A Meteor é gratuita e está disponível para Android.

 

Já decidiu que aplicações vai instalar?