Dona do Snapchat pode estar a preparar o lançamento de um smartphone

A preparar a entrada em bolsa, a Snap Inc, dona do Snapchat, tem sido alvo de todas as atenções por estes dias e volta à ribalta com mais um boato. Há quem nas entrelinhas das mais recentes informações da companhia leia planos para o lançamento de um smartphone.

tek snapchat

Se o plano pode parecer descabido tendo em conta que o principal ativo da empresa é uma aplicação móvel para vídeos e fotos, há quem considere que pode ter fundamento tendo em conta dois aspetos fundamentais. Primeiro: com o caminho que a empresa está a trilhar – a entrada em bolsa – terá de diversificar fontes de receita e criar outros focos de interesse para atrair acionistas e gerar lucros. Por outro lado, não é novidade o interesse da marca pelo hardware e já há algumas provas disso.

A Snap Inc já tem um produto lançado e no prospeto do IPO (Oferta Pública Inicial, em português) apresenta-se como uma empresa de hardware, algo que tem contribuído até para deixar os potenciais investidores um pouco confusos.


No documento a empresa também diz que os Spectacles, uns óculos de sol com capacidades de gravação de vídeo lançados no ano passado, são o seu primeiro produto de hardware, uma frase que alguns consideram uma prova clara de que a empresa tem mais planos neste domínio.

Algumas compras realizadas pela empresa nos últimos tempos, de startups focadas no desenvolvimento de hardware, também são interpretadas no mesmo sentido, se bem que a ligação de alguns destes negócios às comunicações móveis seja um pouco difícil de vislumbrar. Nas contratações de recursos humanos levadas a cabo recentemente também estarão vários engenheiros com experiência no desenvolvimento de hardware, nomeadamente telemóveis.
 
Há ainda quem defenda, como relata o Tech Times, que com um telefone próprio a empresa podia dar uma nova abrangência à sua aplicação e explorar melhor aquilo que os utilizadores podem fazer com o seu software. E reunindo todas estas ideias, as primeiras imagens do eventual telefone da marca já circulam na internet.

O trabalho é da Mediakix que procurou traduzir em imagens o conceito que, na opinião das fontes contactadas pelo site, faria sentido levar para um smartphone da Snap. Destaque para uma câmara 360 e uma interface onde os produtos da marca, a app e a integração com os óculos Spectacles, sobressaem.

Nokia 3310

O Nokia 3310 recupera a nostalgia de uma das primeiras gerações de telemóveis. Está disposto/a a comprar um?

Mais informação

  • Sim e vou abandonar o meu smartphone

    19%

  • Sim, mas só para jogar Snake

    10%

  • Vou oferecer a alguém

    10%

  • Não, é só um "dumbphone"

    59%