Pixel: Google confirma que há várias unidades com microfones avariados

A tecnológica de Mountain View vendeu vários smartphones com um problema de construção que pode inutilizar todos os três microfones integrados no equipamento.

tek pixel

A Google confirmou esta quinta-feira que existem vários Pixel com problemas nos microfones. Aqueles que são considerados os primeiros smartphones da tecnológica de Mountain View foram lançados em outubro de 2016 e estão disponíveis de forma muito limitada em apenas algumas regiões do globo. A empresa diz agora, no entanto, que alguns terão de ser remetidos de volta para a fábrica para serem substituídos.

Os problemas, que se registam em cerca de 1% das unidades vendidas, foram maioritariamente causados por uma fenda quase microscópica presente na solda que une duas das peças que compõem o sistema de áudio e que pode inutilizar os três microfones incorporados no smartphone.

A Google fez saber ainda que teve conhecimento do problema no passado mês de janeiro e que os smartphones que têm sido produzidos desde então têm passado por processos adicionais para impedir que o problema se volte a verificar em unidades vendidas.

Todos os clientes que adquiriram o seu Pixel através da Google e que pretendam trocá-lo, terão acesso a um smartphone completamente novo mesmo antes de enviarem o seu mediante o pagamento de uma caução que será devolvida assim que o telefone enviado chegar às mãos da empresa. Os utilizadores que compraram o equipamento através de uma outra loja poderão ficar algumas semanas sem telefone até receberem a unidade de substituição.

A empresa revelou recentemente que vai lançar um novo Pixel ainda em 2017.

Votação TeK

Já tem uma PlayStation 4 Pro ou está à espera da Xbox Project Scorpio?

  • Já tenho a PS4 Pro mas estou curioso para conhecer a nova Xbox

    10%

  • Estou à espera da Project Scorpio para voltar a investir numa consola

    14%

  • Não tenho a PS4 Pro mas também não tenho interesse na próxima Xbox

    37%

  • Prefiro jogar no computador

    38%