Programadores independentes já podem vender aplicações a empresas através da Windows Store

As aplicações pagas, criadas por programadores independentes, estão a chegar à loja de aplicações do Windows 10.

tek windows store

Os programadores independentes já podem disponibilizar as suas aplicações pagas para empresas na loja do Windows 10. Esta quinta-feira a gigante tecnológica anunciou a possibilidade.

Até à data, as aplicações construídas por programadores não alinhados com empresas apenas podiam ser distribuídas de forma gratuita na Windows Store.

Com esta iniciativa, os criadores de aplicações vão poder fazer chegar os seus produtos a grandes empresas, um universo onde o Windows tem grande peso, sobretudo em ambientes desktop.

As firmas interessadas em adquirir estas aplicações terão acesso a descontos proporcionais à quantidade de licenças que comprarem, um incentivo ao consumo em maiores quantidades que, regra geral, se adequa às necessidades das empresas. Estes descontos - tal como as apps - só estão ao alcance de quem usa a versão empresarial do sistema operativo, disponível em 35 países.

Na última edição da sua conferência de programadores a Microsoft explicou o conceito na base da secção da loja exclusivamente dedicada às empresas. 

 

Nokia 3310

O Nokia 3310 recupera a nostalgia de uma das primeiras gerações de telemóveis. Está disposto/a a comprar um?

Mais informação

  • Sim e vou abandonar o meu smartphone

    19%

  • Sim, mas só para jogar Snake

    10%

  • Vou oferecer a alguém

    10%

  • Não, é só um "dumbphone"

    59%