Ainda com os holofotes apontados à educação, a Microsoft anunciou esta quinta-feira a implementação de uma nova funcionalidade no PowerPoint. A novidade foi apresentada num segmento dedicado às realidades alternativas e consiste na possibilidade de incluir modelos interativos e tridimensionais nos slides do programa de apresentações que integra o Office 365.

A opção, diz a empresa, funciona tão bem quanto a que permite incluir imagens 2D nos slides. Para o fazer basta clicar em "Inserir" e, de seguida, em "Modelos 3D". Depois basta selecionar das opções disponíveis e...já está.

A particularidade que pode dificultar o processo é que estes modelos têm de ser produzidos no programa Paint 3D. Mas apesar do stock de opções ainda ser curto, é possível que, com a possibilidade de os integrar num programa tão utilizado a nível global, este venha a aumentar substancialmente nos próximos meses.

Na demonstração feita em palco durante a apresentação que decorreu hoje em Nova Iorque, a Microsoft utilizou um modelo do telescópio espacial Hubble que foi virado e revirado em todos os sentidos para exibir e ilustrar diferentes ângulos do aparelho.

A nova Magic View

Ainda no âmbito do 3D e, neste caso, da realidade aumentada, a Microsoft apresentou a Magic View, uma funcionalidade que vai permitir aos utilizadores sobrepor modelos virtuais tridimensionais sobre planos reais.

Com a chegada do Creators update, a Microsoft melhorou o suporte para utilizadores que criam conteúdos em 3D em equipamentos com Windows 10 com a introdução da app Paint 3D. A aplicação, como referido, permite desenhar, tal como o Paint, mas com a articulação de funcionalidades que permitem a modelagem de elementos em três dimensões.

A View 3D, uma outra app que chegou com a mesma atualização, permite visualizar e interagir com estes modelos.

No entanto, o trio fica completo com a revelação de uma terceira aplicação a que a Microsoft chama Magic View. Com este programa, que recorre a sensores de posicionamento e giroscópios para aprimorar o posicionamento dos modelos, é possível utilizar a câmara do seu tablet Windows como se tratasse de um aparelho de realidade aumentada, como o Microsoft Hololens, por exemplo.

A app está ainda em desenvolvimento e vai chegar no final do ano.