Google está confiante na segurança dos seus serviços contra as ferramentas da CIA

A empresa diz já ter corrigido boa parte das brechas de segurança referidas nos documentos publicados pelo WikiLeaks. Entretanto, o portal fundado por Julian Assange já se disponibilizou para colaborar com as empresas interessadas em melhorar a segurança dos seus produtos.

tek android malware

Depois da Apple ter assegurado a correção das fragilidades de segurança que estavam, alegadamente, susceptíveis de deixar os equipamentos da tecnológica em risco de hacking por parte da CIA, a Google afirma agora estar também ela "confiante" nos sistemas de proteção integrados no Android e no Google Chrome.

Em declarações feitas ao CNET, a empresa norte-americana disse que muitos dos programas criados para corrigir e atualizar os produtos da empresa já os protegem contra muitas das ameaças desenvolvidas para tomar partido das suas falhas e vulnerabilidades. A gigante tecnológica garante ainda estar pronta para "implementar quaisquer outras proteções necessárias" contra outras vulnerabilidades que venham a ser detetadas.

Recorde-se que alguns dos últimos documentos publicados pelo WikiLeaks remontam a 2013 e que é, por isso, muito provável que as falhas de segurança detetadas à altura estejam já corrigidas. Por outro lado, a diversidade existente no ecossistema Android, que provoca inúmeros atrasos na chegada das últimas atualizações de sistema operativo, podem ser suficientes para deixar algumas fendas abertas para a intrusão de ameaças.

No seguimento da publicação deste último leak, que deixa a descoberto boa parte das ferramentas que a CIA dispõe para invadir e manipular sistemas informáticos, o WikiLeaks já se disponibilizou para colaborar com as tecnológicas interessadas em assegurar da melhor maneira a segurança dos seus produtos e serviços.

Votação TeK

Já tem uma PlayStation 4 Pro ou está à espera da Xbox Project Scorpio?

  • Já tenho a PS4 Pro mas estou curioso para conhecer a nova Xbox

    9%

  • Estou à espera da Project Scorpio para voltar a investir numa consola

    15%

  • Não tenho a PS4 Pro mas também não tenho interesse na próxima Xbox

    37%

  • Prefiro jogar no computador

    38%