Portugueses (também) prestam homenagem a Steve Jobs

Afinal havia fãs portugueses dispostos a manifestações de apreço. Os adeptos só estavam à espera da hora certa. E pelos vistos já chegou. Conheça a primeira homenagem espontânea levada a cabo em Portugal, diretamente da Avenida 5 de Outubro, em Lisboa.

Portugueses (também) prestam homenagem a Steve Jobs
Afinal havia fãs portugueses dispostos a manifestações de apreço. Os adeptos só estavam à espera da hora certa. E pelos vistos já chegou. Conheça a primeira homenagem espontânea levada a cabo em Portugal, diretamente da Avenida 5 de Outubro, em Lisboa.

Depois de uma ronda infrutífera pelos revendedores de produtos da maçã no nosso país para perceber se os portugueses tinham seguido os exemplos dos fãs noutras partes do mundo, o TeK foi surpreendido por uma fotografia.

A "prova" foi enviada por um dos responsáveis pela TB Store, uma das Premium Reseller da Apple em Portugal, e é agora partilhada com os nossos leitores, afirmando-se como o primeiro (e único) gesto do género de que houve notícia em território nacional.

Uma maçã, negra e em tamanho XL, ardia em frente à entrada da loja de produtos Apple na Avenida 5 de Outubro, quando o momento foi captado.

TB Store Av. 5 de Outubro

Entretanto chegou-nos mais um relato de uma homenagem em português, deixada à porta da mesma loja. Abaixo partilhamos a fotografia enviada.

Nome da imagem

Se tiver conhecimento de outras iniciativas do género, partilhe-as connosco.

Nota da Redação: A notícia, publicada a 6 d eOutubro, foi atualizada dia 7 de Outubro para incluir mais uma imagem.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Votação TeK

A confirmação do primeiro acidente mortal envolvendo um Tesla Model S em piloto automático mudou a forma como encara os carros que se conduzem a eles próprios?

Mais informação

  • Não, o condutor não respeitou os avisos de segurança, logo o erro foi humano e não do sistema.

    33%

  • Não, mas não tenciono tirar os olhos da estrada quando entrar num carro autónomo.

    17%

  • Não, porque já não tinha intenção de entrar num carro autónomo.

    12%

  • Sim, provou-se que a tecnologia ainda não é segura e tem de ser mais testada antes de vir para a estrada.

    35%