Entre os muitos polos de interesse do ICT2015, que se realiza esta semana em Lisboa, a exposição de projetos e de empresas e organizações ligadas às Tecnologias da Informação na Europa tornou-se num elemento de dinamização e atração de investigadores, empreendedores e empresários que viram demonstrações, exploraram protótipos e colocaram questões.

No espaço do Centro de Congressos de Lisboa, mas também na Praça do Comércio, foi possível “respirar” inovação e perceber as tendências que vão marcar os próximos anos na investigação científica e nas tecnologias de informação e comunicação.

Entre robots com funções diversas, mas muito viradas para a comunicação e educação, um robot que cresce como as plantas, investigação sobre o cérebro, aplicação da quântica à física ou sistemas de autenticação mais robustos que podem ser acoplados ao telemóvel, os visitantes tiveram muito para descobrir e experimentar nas três vilas da exposição organizadas com o tema Inovar, Ligar e Transformar.
Veja na galeria abaixo algumas imagens da conferência e dos projetos que o Tek visitou nos últimos dias.


O evento ICT2015 concentrou mais de 6 mil profissionais da área em Lisboa e encerra hoje depois de três dias intensos, onde a par das muitas conferências e dos mais de cinco mil metros de exposição houve muito espaço de networking e troca de experiências.
Mas não faltaram também os prémios, alguns já referidos na galeria de projetos. No Innovation Radar Prize a Broadbit foi o grande vencedor com a tecnologia de baterias inteligentes, enquanto o CEO da TripRebel, Carlos Borges, foi nomeado a melhor startup europeia em 2015 na Tech All Stars. O concurso da Fiware para Smart Urban Farming foi ganha pela Obergudt, Siibii e Vegs in touch.

Veja ainda um vídeo sobre a exposição na Praça do Comércio e os principais projetos que estiveram à disposição do público.