Airbus apresenta protótipo de carro voador modular em Genebra

O PopUp pode ser encaixado em diferentes módulos que lhe permitem viajar na terra e no ar. A AirBus ainda não desenvolveu um protótipo funcional.

tek airbus popup

Os carros voadores são uma das mais velhas previsões futuristas e, curiosamente, uma das tecnologias que mais tarda em chegar. A Airbus, no entanto, quer acelerar o processo. Nesta edição do Salão de Genebra, a empresa francesa, em parceria com a Italdesign, mostrou aquela que é uma das suas últimas criações: um carro voador modular autónomo.

O veículo é uma ideia conceptual que articula um habitáculo para dois passageiros com dois módulos que lhe permitem viajar em estrada e levantar voo. Para trajetos terrestres, a Airbus desenvolveu um encaixe com quatro rodas que estabelece comunicação instantânea com o resto do veículo e, para viagens aéreas, um módulo com quatro hélices, semelhante a um drone, que se monta de forma autónoma no topo do habitáculo.

Em vídeo, a empresa mostra que a interação com o veículo é feita de forma intuitiva, bastando comunicar com a inteligência artificial presente no seu sistema para definir destino e trajeto.

Mas a Airbus não prevê que estes sejam veículos pessoais. Na apresentação do PopUp, a empresa mostrou que os idealiza como parte de um sistema de transporte mais alargado, onde os passageiros poderão encomendar viagens através de uma aplicação tal como acontece com a Uber ou a Cabify. Na prática, a versatilidade deste carro voador permitiria que pedisse um transporte mesmo que estivesse no meio do campo, onde a ausência de estradas não lhe permitem apanhar um táxi ou um autocarro com tanta facilidade. Ao detetar que o passageiro se encontra numa zona sem acessos terrestres, o sistema liberta o PopUp em modo voador, aterrando perto de si e descolando logo em seguida, rumo ao destino escolhido.

A AirBus apresentou uma versão do veículo em tamanho real no Salão de Genebra, mas não existe ainda um protótipo funcional nem deu indicações de que pretende avançar com a concretização deste projeto.

Nokia 3310

O Nokia 3310 recupera a nostalgia de uma das primeiras gerações de telemóveis. Está disposto/a a comprar um?

Mais informação

  • Sim e vou abandonar o meu smartphone

    19%

  • Sim, mas só para jogar Snake

    10%

  • Vou oferecer a alguém

    10%

  • Não, é só um "dumbphone"

    59%