A versão RTM - release to manufacturing é uma versão do software que é enviada semanas antes do lançamento para os fabricantes, para que estes tenham tempo de incluir o sistema operativo nos computadores que coloquem na loja após o dia 29 de julho, dia do lançamento oficial da versão.

O The Verge cita fontes próximas ao processo para garantir que até ao próximo dia 10 de julho, a Microsoft dá por concluído o pacote que vai enviar para os parceiros e que logo em seguida começa a distribuição.

Com um novo modelo de atualizações, mais frequente e com uma regularidade diferente daquela que a empresa promovia até agora, o novo Windows 10, como a própria Microsoft já disse, nunca estará concluído. Continuará a ser melhorado mesmo depois de alcançada a versão final, mas a release RTM contará com tudo o que vai chegar ao cliente algumas semanas mais tarde.

O Windows 10 vai chegar em várias versões que o Tek já teve oportunidade de detalhar. É um novo esforço da Microsoft para harmonizar a experiência de utilização do software da marca, independentemente do dispositivo a partir do qual se aceda. Vai ser o palco de estreia de um novo browser e do assistente pessoal Cortana no ambiente desktop.