Maioria das pessoas tem poucas passwords porque “é difícil lembrar-se de todas”

Um novo estudo da Google confirma que a maioria dos internautas entre os 13 e os 30 anos reutiliza passwords em vários dos serviços online a que recorre.

tek password dentro

Mesmo que a palavra passe não seja 123456, ou o seu nome, há outras formas que são igualmente pouco seguras, como manter a mesma password para vários serviços online.

A Google estudou os hábitos de utilização de passwords entre os Millenials através de um inquérito online e descobriu que apenas 26% referem usar uma palavra-passe diferente para cada uma das suas contas online. A maioria utiliza a mesma palavra-chave na maioria das suas contas (36%) ou em alguns dos serviços (30%). Uma minoria, 6%, confessa ter a mesma senha para todos os serviços, um hábito que, no entanto, é mais comum na faixa etária compreendida entre os 13 e os 17 anos de idade.

Questionados por que razão utilizam a mesma password para a maioria ou mesmo para todas as suas contas, 63% respondem que “é difícil lembrar-me de várias palavras-passe”; 23% que “é difícil pensar em diferentes passwords” e 14% admitem não estar preocupados com o assunto.

Ainda no âmbito destes estudo, a Google quis também saber quando é que os utilizadores tinham mudado de palavra-passe pela última vez numa das suas contas e 24% afirmaram ter trocado a sua password “no último mês”. 21% mudaram nos três meses anteriores e 16% nos últimos seis meses. O que vai contra os conselhos de segurança dos especialistas.

 

Todos sabemos que uma boa password deve ter vários caracteres e ser uma mistura de letras e números, pelo menos. Entre os inquiridos no estudo, 66% dizem ter uma palavra-passe entre sete e 11 caracteres e 47% admitem utilizar uma mistura de números e palavras. 15% dos inquiridos afirmam que a sua password tem entre 12 a 15 caracteres e 16% utilizam um misto de números, palavras e símbolos.

Os pais podem ter um papel importante na segurança digital dos seus filhos e 47% dos que responderam ao inquérito dizem que os seus pais já falaram consigo sobre segurança dos seus dados.

Este mesmo estudo mostra ainda que 72% das pessoas responderam utilizar autenticação de dois fatores. Quem não usa diz que não quer ser incomodado com tantas autenticações (28%) ou que não sabe como preparar este tipo de autenticação (20%).

A Google lembra que tem vindo a implementar várias medidas de segurança para proteger os seus utilizadores. Uma dessas medidas passa por filtrar os emails que potencialmente podem ser spam ou phishing, para roubar informações das contas dos utilizadores. Diz a emoresa que, em média, apenas menos de 0,1% das mensagens de spam passam o seu filtro.

Nokia 3310

O Nokia 3310 recupera a nostalgia de uma das primeiras gerações de telemóveis. Está disposto/a a comprar um?

Mais informação

  • Sim e vou abandonar o meu smartphone

    19%

  • Sim, mas só para jogar Snake

    10%

  • Vou oferecer a alguém

    10%

  • Não, é só um "dumbphone"

    59%