SAPO Tek

Publicado 16 Fev 2009 às 10:30

Texto maior Texto mais pequeno Mail Imprimir

GNR entra na Web 2.0

A Guarda Nacional Republicana chegou ao mundo virtual com a entrada em canais como Sapo Vídeos, YouTube, Flickr e Twitter. As operações e actividades da Guarda passam assim a estar mais próximas dos cidadãos.

Os benefícios das novas tecnologias não passam ao lado da Guarda Nacional Republicana que, desde o início deste mês, marca presença em alguns dos canais com mais impacto online. Com contas no Sapo Vídeos, YouTube, Flickr e Twitter, a GNR decidiu entrar na esfera social da Internet com o objectivo de chegar mais perto dos cidadãos.

Segundo o tenente-coronel Pedro Costa Lima, porta-voz do Comando-Geral da GNR, com estes canais pretende-se "acompanhar o desenvolvimento tecnológico" e "atingir um público que está muito atento ao mundo virtual", nomeadamente os mais jovens, disse ao Diário de Notícias.

Na prática, a presença nestes canais servirá essencialmente para mostrar aos cidadãos as novas actividades, operações, equipamentos ao dispor da Guarda e "vídeos de promoção da segurança da população".

Os conteúdos são da responsabilidade da própria GNR e, para já, estão a ter "um feedback muito interessante", mesmo nesta fase inicial, frisa Pedro Costa Lima.


Vídeos

Votações

No Facebook o que é que o chateia mais?

VotarVer Resultados

Glossário

DRMVer

Inter. Acrónimo de Digital Rights Management. Conjunto de tecnologias de gestão de direitos de autor que permite às empresas acrescentar aos ficheiros digitais um nível de protecção que impeça ...

Glossário

Tags

1850 resultados
1427 resultados
656 resultados
75 resultados
11 resultados