Criador do Facebook eleito personalidade do ano pela Time

Mark Zuckerberg esteve "taco a taco" com Julian Assange, mas o Facebook acabou por "levar a melhor" sobre o WikiLeaks, com a revista norte-americana a considerar que a rede social virtual mudou a sociedade.

Criador do Facebook eleito personalidade do ano pela Time
Mark Zuckerberg é a Personalidade do Ano de 2010 para a Time. A revista norte-americana considerou que o criador do Facebook conseguiu transformar a sociedade com a sua rede social virtual.

"Por ligar mais de 500 milhões de pessoas e mapear as relações sociais entre as mesmas; por criar um novo sistema de troca de informação; e por ter mudado a forma como vivemos as nossas vidas, Mark Elliot Zuckerberg é a Personalidade do Ano 2010 da TIME", pode ler-se na apresentação online da listagem.

A distinção faz do CEO do Facebok de 26 anos a segunda pessoa mais jovem de sempre a merecer tal destaque, depois de Charles Lindbergh, aviador, eleito com 25 anos, em 1927. De referir que Zuckerberg é igualmente considerado um dos bilionários mais jovens do mundo, graças a uma fortuna avaliada em mais de 4.000 milhões de dólares.

Comentando o "galardão", o criador da popular rede social considerou-o "uma grande honra e o reconhecimento de como a nossa pequena equipa está a construir algo que centenas de milhões de pessoas querem utilizar para tornar o mundo mais aberto e ligado. Fico contente por fazer parte disso".

Em concorrência directa com Zuckerberg esteve o fundador do WikiLeaks, Julian Assange. "Em certo sentido, Zuckerberg e Assange são caras da mesma moeda. Ambos expressam o desejo pela abertura e pela transparência. Se Assange ataca as grandes instituições e os governos através de uma transparência involuntária com o objectivo de os debilitar, Zuckerberg possibilita que os indivíduos partilhem voluntariamente a sua informação com a ideia de os fortalecer. Assange vê o mundo como se estivesse cheio de inimigos reais; Zuckerberg vê o mundo cheio de amigos potenciais ", consideram os responsáveis da revista.

A par dos criadores do Facebook e do WikiLeaks foram também avaliados para personalidade do ano o movimento político norte-americano Tea Party, Hamid Karzai e os mineiros chilenos.

Votação

Se pudesse trabalhar num dos gigantes da tecnologia mais mediáticos do momento qual escolhia?

  • Google

    38%

  • Airbnb

    1%

  • Facebook

    3%

  • Apple

    17%

  • Microsoft

    15%

  • Netflix

    4%

  • Amazon

    2%

  • SpaceX

    7%

  • Samsung

    6%

  • Dropbox

    0%

  • Snapchat

    1%