No âmbito da inauguração de um site exclusivamente dedicado ao mercado português, a plataforma espanhola de comércio online de eletrónica de consumo explica ao Tek que a estreia em Portugal é o primeiro estágio do plano de expansão internacional da PcComponentes.

A aproximação ao mercado vizinho foi motivada pela proximidade geográfica e pela similitude cultural, elementos que, segundo a empresa, tornaram Portugal o “primeiro passo lógico” na estratégia de alargamento internacional do negócio.

Ao longo de 2017 pode esperar-se a chegada da plataforma espanhola de eCommerce a outros mercados europeus, adianta a empresa.

Mas a PcComponentes explica que este aprofundar da presença em Portugal não passa pela mera tradução do site para português. O objetivo é oferecer serviços de qualidade aos consumidores portugueses e tentar deixar uma marca no país, à semelhança do que já fez em Espanha.

Apesar de já ter uma equipa de apoio ao cliente constituída por portugueses dedicada ao novo mercado, a intenção é ter uma unidade com presença física em Portugal, incluindo a disponibilização de serviços comerciais e técnicos.

No entanto, a empresa admite que de momento não está na posse das ferramentas necessárias que possibilitem um foco mais concentrado em Portugal.

Quando questionada acerca da adaptação a esta nova forma de consumo que é o comércio eletrónico, a PcComponentes refere que é um modelo de negócio com grande potencial, mas que está ciente de que existe ainda alguma insegurança e desconfiante da parte dos consumidores perante estes serviços digitais.

Com isto em mente, a empresa espanhola assume o compromisso de “deitar por terra esses preconceitos”.

Recorde-se que recentemente um estudo realizado pela Showroomprive concluiu que este natal os portugueses fazem tenções de adquirir mais presentes através da internet e que os artigos de eletrónica de consumo estão no topo da lista daquilo que gostariam de receber no “sapatinho”.