Internet de alta velocidade chegava a 2 milhões de portugueses no final de 2016

Os dados apurados pelo regulador das comunicações mostram que o número de portugueses com acesso a este tipo de serviços, através de rede fixa, cresceu 15,6% no último ano.

tek banda larga fibra

A evolução regista-se na comparação entre trimestres homólogos e também mostra que, entre outubro e dezembro de 2016, a região norte e a região de Lisboa continuam a ser os pontos do país com maior número de utilizadores residenciais destas tecnologias.

No entanto, no último ano o maior crescimento no número de ligações fixas com estas caraterísticas, de fibra ou EuroDOCSIS (tecnologia usada pelos operadores de cabo nas ligações de alta velocidade), registou-se no Alentejo. A penetração cresceu 51,8% para alcançar 67 mil famílias.

Os dados da Anacom também revelam que no final do ano passado o número de alojamento cablados com fibra ótica atingia os 5,3 milhões em todo o país, 28,3% mais que no final de 2015. O Alentejo foi a zona do país onde mais aumentou o número de casas preparadas para receber fibra. O  crescimento no número de casas cabladas atingiu os 70%, para 314 mil.

No EuroDOCSIS 3.0 a evolução foi residual. No final de 2016 4,2 milhões de casas em todo o país estavam preparadas para receber a tecnologia.





Nokia 3310

O Nokia 3310 recupera a nostalgia de uma das primeiras gerações de telemóveis. Está disposto/a a comprar um?

Mais informação

  • Sim e vou abandonar o meu smartphone

    19%

  • Sim, mas só para jogar Snake

    10%

  • Vou oferecer a alguém

    10%

  • Não, é só um "dumbphone"

    59%