Chama-se GEN10S o projeto que acaba de chegar a Portugal com a intenção de "reduzir o fosso nas competências digitais e promover a igualdade de oportunidades na área digital entre os mais novos, reduzindo as barreiras socioeconómicas e de género".

Na prática, o projeto prevê formar em programação Scratch 5.000 alunos dos 5º e 6º anos e de 500 professores. O objetivo é dotar os participantes das ferramentas necessárias para a adoção de formas de ensino inovadoras.

As escolas do 2º ciclo do ensino básico interessadas em participar poderão, a partir de hoje, consultar o regulamento e a ficha de candidatura em www.genios.org.pt. No total, serão selecionadas 40 escolas.

Cada curso será constituído por 12 sessões, cada uma com 60 minutos (60.000 horas no total). A metodologia educacional será baseada em três etapas - fundamentos em programação, realização de trabalhos e trabalho cooperativo entre equipas - e o Scratch será a ferramenta autilizar para ensinar a programar, explica-se numa nota enviada à imprensa.

A formação será ministrada por professores contratados com esta finalidade e em função de metodologia preparada pela Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.