A Google anunciou o novo Android O no passado mês de março e disponibilizou uma primeira versão a todos os programadores. Sem mais notícias, deixou o tema flutuar na memória dos utilizadores, voltando agora, no palco do I/O, para deixar mais detalhes sobre o sistema operativo.

De acordo com a empresa, que dinamizou uma apresentação sobre a nova versão do OS no evento que está a realizar em Mountain View, o foco vai ser dado aos pontos vitais dos equipamentos - leia-se bateria, segurança, estabilidade e velocidade.

Novo Android O começa a desenhar-se. Os programadores já estão a testar uma primeira versão
Novo Android O começa a desenhar-se. Os programadores já estão a testar uma primeira versão
Ver artigo

No âmbito da segurança, a empresa norte-americana vai introduzir uma nova funcionalidade chamada Google Play Protect. Introduzida na loja de apps, esta nova adição vai fazer com que sejam exibidos símbolos, nas páginas de cada uma das aplicações ali presentes, para comunicar a segurança das mesmas aos utilizadores. Os símbolos vão conter informação relativa ao período em que o programa foi analisado em busca de vírus e outros problemas que possam colocar em risco a segurança do seu telefone.

A tecnológica diz que os smartphones com Android O também deverão ligar-se em metade do tempo do tempo médio registado por aqueles que funcionam com Android Nougat. As aplicações também deverão beneficiar das afinações feitas ao nível da velocidade, e não só vão ser mais fluídas, como vão responder mais rapidamente.

Os "limites inteligentes", como lhe chama Stephanie Saad Cuthbertson, gestora de produtos Android, vai permitir que as baterias durem mais. O mecanismo vai impor barreiras à atividade das aplicações em segundo plano e à funcionalidade de geolocalização para impedir a drenagem da bateria.

Na interface foram também dados alguns retoques. Um dos exibidos esta quarta-feira consiste num pormenor muito discreto que vai mudar a forma como as aplicações dão conta da existência notificações. Inspirada no iOS, que há muito exibe a quantidade de notificações que cada app tem pendente, o Android vai passar também a introduzir um círculo no canto superior direito de cada ícone para mostrar que há novidades a rever. Nestes casos, se premir continuamente a app, vai poder ver de que notificações se tratam e interagir diretamente com elas.

$$gallery$$

O Autofill vai integrar suporte para qualquer aplicação de forma a facilitar o preenchimento de espaços com informações como nomes e moradas.

Os emojis também serão redesenhados.

tek android emoji

Antes destas novidades, a Google já tinha informado que vai permitir a criação de ícones de aplicações em qualquer formato, de forma a possibilitar uma maior coerência estética entre aplicações, temas e widgets; e que as notificações seriam reorganizadas em "canais" temáticos.

A primeira versão beta do Android O foi disponibilizada esta quarta-feira e, se estiver interessado em experimentá-la, pode registar-se neste site. Note, no entanto, que o sistema ainda estará repleto de bugs.

Até ao lançamento oficial do OS, fica a especulação acerca do significado daquele "O". Será de Oreo? O Tek aposta que será Ovos Moles. Android Ovos Moles.