Quando falamos de jogos indie falamos de todos os jogos criados por pequenos estúdios ou programadores independentes, na grande maioria das vezes sem grandes apoios financeiros. Embora o novo mundo da distribuição digital dos jogos tenha oferecido muitas oportunidades a estes estúdios, a verdade é que a maioria tem dificuldade em promover os seus produtos, sendo esta iniciativa da Apple muito bem acolhida pela comunidade.

A nova seção irá estar sempre presente e bem visível e acessível através da página de entrada da App Store, mostrando uma série dos melhores jogos indie, segundo a equipa de edição da empresa de Cupertino. A lista vai sendo alterada para incluir os últimos lançamentos. É a partir daqui que o Tek sugere alguns dos jogos que estão ou já estiveram destacados nesta secção.

A lista que sugerimos inclui Euclidean Lands, um jogo que mistura diversas mecânicas que o tornam muito peculiar e desafiante; Ticket to Earth, um quebra-cabeças de ficção-científica com um esquema de combate diferente dos demais títulos do género; Golf Zero, um título que mistura golfe com cenários de jogos de plataformas, mas que mantém a mesmo objetivo de colocar a bola no buraco; Oxenfree, uma aventura de terror protagonizada por um grupo de adolescentes preso numa ilha (aparentemente) deserta; e por fim, Mushroom 11, um quebra-cabeças onde o jogador tem que controlar uma estranha massa verde ao longo de diversos cenários pós-apocalípticos.

Com jogabilidade e mecânicas únicas e peculiares, são jogos especialmente desafiantes que, com certeza irão proporcionar muitas horas de diversão.

 

Euclidean Lands

Desafiante jogo que mistura diversas mecânicas e géneros

Euclidean Lands é um peculiar quebra-cabeças que junta o aspeto visual de Monument Valley com a mecânica baseada em turnos de Hitman GO, com a ação a decorrer em algo semelhante a um Cubo Mágico. É uma estranha combinação, mas que resulta numa desafiante experiência. O objetivo é simples, ajudar um pequeno guerreiro a chegar ao ponto de saída de cada um dos 50 níveis, evitando e eliminando os inimigos.

O herói pode mover-se um quadrado de cada vez, mas o que torna o jogo único é a possibilidade de mover a área de jogo como se fosse um autêntico Cubo Mágico, podendo mover linhas ou colunas de blocos. O objetivo é fazer com que o personagem consiga chegar ao bloco sinalizado como saída. De início tudo é bastante fácil, mas, rapidamente, a complexidade aumenta com a introdução de inimigos em conjunto com outras dificuldades, como blocos que não se podem mover ou locais para onde não se pode ir. Para progredir no nível é preciso eliminar todos os inimigos, só assim o bloco com o círculo a sinalizar a saída irá surgir. Para eliminar os guardas é preciso aproximar-se deles por trás, sendo assim necessário movimentar o herói e o cenário de forma a consegui-lo. Os níveis são muitas vezes grandes e complexos, exigindo uma observação cuidadosa para os conseguir resolver.

Para além da desafiante mecânica, Euclidean Lands tem um visual deslumbrante, com excelentes animações, como o simples esvoaçar do lenço vermelho do herói, que irão relaxar o jogador. Está disponível para dispositivos iOS por €3,99.

Links: iOS

Veja o próximo jogo

Ticket to Earth

Quebra-cabeças e ação que inclui uma peculiar mecânica de combate

Ticket to Earth é um RPG cujo enredo se desenrola na remota colónia New Providence, um planeta longínquo. A nave Martian Princess, que faz a ligação entre esse planeta e a Terra, uma viagem que demora cerca de 10 anos, acaba de chegar estando pronta para regressar transportando uma nova leva de colonizadores. O problema é que essa viagem custa muito dinheiro e apenas 1% da população de New Providence tem capacidade financeira para os obter. Mas algo está em marcha para alterar a ordem implantada.

O jogador assume o papel de Rose, uma das habitantes, que quando está a deslocar-se para a casa de uma amiga é interpelada por um estranho, iniciando toda a ação do jogo. Nos diversos níveis será preciso combater vários inimigos numa área semelhante a uma grelha de blocos composta por quadrados coloridos com vários símbolos.

Os combates desenrolam-se por turnos e em cada um Rose tem disponível duas ações que pode realizar, que pode ser deslocar-se ou atacar os inimigos. Para eliminar os adversários é preciso estar num local perto o suficiente para o efeito e quando mais distância percorrer antes de atacar mais devastador será o ataque. O jogador pode definir qual o trajeto que pretende que o personagem percorra escolhendo quadrados de uma mesma cor que estejam ligados entre si.

Com o progresso no jogo serão desbloqueadas novas funcionalidades, como quadrados que permitem obter power-ups, itens que surgem quando se elimina um inimigo e outras características de combate. Adicionalmente a eliminar todos os inimigos existem outros objetivos em cada nível que vão desde eliminar um determinado número de adversários de uma só vez ou terminar o nível sem sofrer qualquer dano. Realizar estas missões secundárias com sucesso permite obter medalhas que depois podem ser utilizadas para apetrechar o personagem com diversos melhoramentos.

Ticket to Earth pode tornar-se um pouco difícil rapidamente, mas não deixa de ser bastante divertido e desafiante. Está disponível para dispositivos iOS por €3,99.

Veja o próximo jogo

Mushroom 11

Controlar uma estranha massa verde em cenários de total destruição

Mushroom 11 é um jogo de plataformas e quebra-cabeças que coloca o jogador a controlar uma estranha massa verde ao longo de diversos cenários pós-apocalípticos. Para mover a peculiar criatura é preciso apagar parte dela que irá de imediato voltar a crescer na outra ponta, fazendo com que a massa se mova na direção que o jogador pretender, tendo que evitar os vários perigos e ultrapassar os obstáculos, de forma a chegar até ao ponto final de cada nível.

A nível de dificuldade é incremental, mas rapidamente torna-se bastante complicado arranjar as soluções para progredir. Talvez o problema não seja arranjar as soluções mas antes conseguir moldar a criatura de forma a realizar as ações necessárias para as implementar, daí o jogo ser duplamente desafiante.

Os controlos são simples, pequenos toques no ecrã eliminam pequenas partes da criatura enquanto que toques mais prolongados permitem criar uma área maior e assim eliminar grandes partes. Por vezes será preciso dividir a criatura em duas partes de forma que uma possa realizar uma tarefa, como acionar um botão ou alavanca, de forma a que a outra possa progredir. As situações serão as mais diversas requerendo as soluções mais imaginativas.

Será ainda necessário uma especial atenção a alguns perigos que podem "contaminar" a criatura e acabar por destruí-la, podendo, em certos casos, ser preciso cortar parte dela para que a contaminação não se espalhe a todo o organismo. Embora difícil, existem vários checkpoints posicionados muitas vezes logo a seguir às áreas mais complexas de ultrapassar, permitindo assim que, caso se morra, não seja preciso voltar a experimentar tudo de novo.

Mushroom 11 é um original quebra-cabeças, com uma conceito muito simples mas que irá desafiar os reflexos e a paciência do jogador. Está disponível por equipamentos Android e iOS por cerca de €5.

Veja o próximo jogo

Golf Zero

Um jogo de golfe que mistura plataformas e muitos perigos

Golf Zero é um jogo que mistura golfe com plataformas, colocando o jogador a fazer com que o personagem consiga saltar e evitar todo o tipo de perigos até estar no melhor local para dar a tacada na bola e enviá-la em direção ao buraco. Não estamos perante um simulador mas antes de um título arcade, bastante difícil e desafiante, que talvez não seja do agrado dos jogadores mais casuais.

O jogo inclui 43 níveis, ou buracos, para conquistar, existindo dois modos, o "normal" cujo objetivo é simplesmente colocar a bola no buraco, independentemente do tempo que se levar a consegui-lo, e o "speed run" onde o objetivo é conseguir fazê-lo no menor tempo possível. Em qualquer um deles, a mecânica é a mesma, guiar o personagem ao longo do cenário de forma a estar no melhor local possível para realizar a tacada e conseguir colocar a bola no buraco. Em muitos casos o personagem não irá sobreviver, mas isso não terá importância desde que a bola caia no buraco e assim se progrida para o nível seguinte.

O tutorial inicial é importante para se conhecer as características do jogo, como mover o personagem, realizar o disparo e, principalmente, que o tempo para, ou seja, a cena corre como que em câmara lenta, aquando da tacada de forma a ajudar o jogador a direcionar a bola para o buraco. É ainda mostrada e encorajada a necessidade de disparar a bola quando o personagem estiver em pleno ar ou a deslizar por uma parede, situações que serão perfeitamente normais e essenciais para se conseguir ter sucesso no jogo.

Referir que Golf Zero é um jogo muito difícil, tornando-se muito desafiante logo nos níveis iniciais. No entanto, não deixa de ser divertido e com uma mecânica peculiar. Está disponível gratuitamente para equipamentos iOS.

Veja o próximo jogo

Oxenfree

Uma aventura de terror numa ilha deserta

Oxenfree é uma aventura gráfica que transporta um grupo de adolescentes até uma ilha (supostamente) deserta onde pretende fazer uma festa, divertir-se e explorar a dita ilha, outrora uma base militar. Mas as coisas não correm como esperado e, sem saber como, eles acabam por abrir um portal para uma realidade alternativa, libertando horrendas criaturas.

O jogador assume o papel de Alex, a personagem principal, e aquela que com o seu rádio acaba por despoletar todo o enredo. Ela e restante grupo acabam por acordar em diversas partes da ilha sem terem noção do que aconteceu na última hora. A sua missão é reunir-se e fugir dali o mais rápido possível.

Sendo um jogo de aventura, será preciso mover o personagem pelos diversos cenários e interagir com diversos objetos. Sempre que Alex esteja perto de algo com o qual possa interagir, ícones irão surgir no ecrã para que se possa realizar as ações necessárias. O rádio de Alex é também parte importante de todo o enredo pois é com ele que será possível "ouvir" os sons da ilha e também resolver alguns dos quebra-cabeças.

A interação entre os personagens é também importante, com o jogador a ter que escolher o que dizer nos diversos diálogos, existindo inclusive um tempo limite para selecionar as respostas que deseja utilizar.

Oxenfree é um intrigante jogo, com um interessante enredo cujas opções do jogador a terem impacto na direção que a história toma. A componente gráfica, e especialmente, a sonora são excelentes, tornando toda a experiência muito envolvente e divertida.

Oxenfree está disponível para dispositivos iOS por €4,99.