Não é o primeiro e não há de ser o último. O confundador do Twitch, Emmett Shear, acredita que a PlayStation 4 e a Xbox One serão as últimas consolas físicas dedicadas aos videojogos. O responsável da plataforma online que tem 100 milhões de utilizadores ativos considera que o modelo está desajustado.

Emmett Shear dá o exemplo do mercado tecnológico no geral que evolui de forma agressiva em períodos de dois anos - basta olhar para smartphones, tablets e computadores. E que o modelo de geração de consolas, que apenas evoluem a cada sete anos, por exemplo, não vai funcionar mais.

"Ficaria surpreendido por ver outra geração [de consolas]", atirou o porta-voz.

É neste sentido que o executivo do Twitch coloca um "prego no caixão" da PlayStation e da Xbox, pelo menos como consolas dedicadas de jogo. Em declarações ao The Guardian, Shear antevê que o futuro dos videojogos passa por caixas multimédia ligadas aos televisores.

Prova disso, refere, é o facto de a PlayStation 4 e da Xbox One já darem uma grande atenção à transmissão de conteúdos. E o próprio Twitch - que foi vendido à Amazon por mil milhões de dólares - é exemplo disso mesmo.

As consolas de nova geração têm tido um peso importante na transmissão de conteúdos, mas o PC ainda lidera - pois é aquele que consegue garantir a melhor qualidade de transmissão, disse o elemento da empresa.

Por fim ficou a promessa de que o Twitch vai investir mais no mercado europeu, sobretudo ao nível de acordos com jogadores e transmissores de conteúdos. Está também prometido um reforço dos servidores na Europa, pois a fiabilidade do Twitch e o seu sentido de comunidade acabam por ser os grandes trunfos da plataforma, como esclareceu Emmett Shear.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.