A Amazon não vingou no mercado móvel, mas parece ter encontrado um caminho alternativo para marcar terreno noutra área de grande potencial, usando um conceito que tem estado a ser explorado sobretudo nos telemóveis.

Enquanto a Microsoft tem o Cortana e a Apple o Siri, para ajudar os utilizadores dos seus smartphones a encontrar o que procuram, e a terem resposta para todas as perguntas, a Amazon criou o Alexa e pô-lo numa coluna. Agora parece estar empenhada em fazer do projeto um ponto de ligação a outros dispositivos conectados e a outras aplicações.

Com a evolução do projeto Echo para uma fase de comercialização sem restrições, a gigante do comércio eletrónico anuncia agora que o software passa a estar disponível para ser explorado pela comunidade de programadores.

O lançamento das APIs abre a porta à ligação da coluna Echo (e do Alexo Voice Service que lhe dá alma) a outros dispositivos, já que permite desenvolver compatibilidade entre o software do dispositivo e outras aplicações.

Acresce a isto, a disponibilização de um fundo de 100 milhões de dólares para apoiar projetos que pretendam tirar partido da interface de reconhecimento de voz da fabricante nos seus projetos.

Para já, a Amazon não deu muitos detalhes sobre o que espera com esta medida, mas não é difícil perceber que a Internet das Coisas também está na lista de tendências a acompanhar pela empresa. O novo Alexa Skills Kit está disponível a partir daqui.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.