As instituições de ensino superior tem disponíveis mais de 15 mil vagas para o ano letivo 2018/2019 em cursos profissionais, normalmente designados como Tesp, formações de dois anos ministradas exclusivamente no ensino politécnico.

O número é o mais elevado de sempre e responde a um crescimento da procura que tem sido contínuo desde a criação desta oferta, há cinco anos, de acordo com o Público.

Em 2018/19 estão garantidas 15.120 vagas em Tesp, das quais 64% são de instituições públicas, refere o jornal citando dados avançados pelo Ministério da Ciência e Ensino Superior.

O valor ainda não inclui as vagas da Universidade do Algarve, dos Politécnicos de Beja e Cávado e Ave e da Escola Superior de Hotelaria do Estoril, que ainda não comunicaram os lugares disponíveis à Direcção-Geral do Ensino Superior (DGES), ressalva-se. O número final será, por isso, superior aos 15.000 agora divulgados.

Este aumento de cerca de 1.500 vagas nos Tesp comparativamente ao ano letivo anterior responde ao crescimento da procura destes cursos que, desde a sua criação, em 2014, tem sido contínuo. Depois de em 2014/15 ter sido pouco significativo, já que apenas 395 alunos ingressaram nestas formações, o ritmo de entrada aumentou consideravelmente nos dois anos seguintes: em 2015/16 já estavam inscritos 6.430 alunos e em 2016/17 o número praticamente duplicou, para os 11.048.

No ano letivo de 2017/2018 estavam inscritos 12.771 estudantes em Tesp, o que representou um aumento de 16% em relação ao ano anterior. Este ano, a tendência de crescimento mantém-se ao mesmo nível.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.