A Direção-Geral do Ensino Superior revelou o número de vagas de acesso ao Ensino Superior e as áreas de Informática e Engenharias conheceram “destinos diferentes”: a primeira perdeu vagas relativamente ao ano passado, enquanto a segunda ganhou.

Nos cursos de Informática existiam 900 vagas em 2014/2015, sendo que no próximo ano letivo o número de vagas será de 871. Já na área de “Engenharias e Técnicas Afins” existiam 9.022 vagas no passado, sendo que no ano letivo de 2015/2016 serão 9.037 os lugares disponíveis no total.

Nos cursos de informática o decréscimo no número de vagas acontece depois de um aumento de quase 80 vagas registado no ano passado. A quebra nas vagas nas instituições de Ensino Superior dá-se numa altura em que os profissionais desta área são dos mais recrutados e prevê-se que vá haver falta de mão de obra qualificada suficiente para responder à necessidade das empresas dentro de alguns anos.

Nas Engenharias o aumento no número de vagas acontece após dois anos em que os lugares disponíveis nas universidades portuguesas mantiveram-se: 9.022 vagas em 2013/2014 e 2014/2015.

De acordo com dados da DGES, o número total de vagas de acesso ao Ensino Superior baixaram residualmente em comparação com o ano anterior - menos de 1% -, estando disponíveis um total de 50.555 de lugares em 1.048 cursos de universidades e institutos politécnicos públicos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.