A Maker Faire vai voltar a Lisboa este ano e já tem data e local marcados, anunciou a equipa a cargo das edições passadas do evento numa publicação no seu website. Após o seu fim temporário em 2017, a organização da versão portuguesa do maior espetáculo de “show & tell” do mundo passou o seu testemunho ao FabLab Benfica, da Escola Superior de Educação de Lisboa (ESEL), a qual passará agora a promover a reunião anual de “fazedores”.

Fundado por André Rocha e Nuno Monge, dois professores da ESEL, o FabLab Benfica é um dos 20 laboratórios de fabricação digital presentes em Portugal. O espaço conta com máquinas acessíveis aos alunos e docentes, as quais permitem a conceção e prototipagem de novos produtos, quer sejam eletrónicos ou não.

Depois de ter tido como palco, durante três anos, o Pavilhão do Conhecimento, o evento outrora organizado por uma equipa do SAPO, e mais tarde pela Bright Pixel, em parceria com a academia Ciência Viva, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, vai acontecer, este ano, no Campus de Benfica do Politécnico de Lisboa.

Organizada pela primeira vez em 2006, em San Mateo na Califórnia, a Maker Faire conta hoje com mais de 240 eventos um pouco por todo o mundo. O objetivo do evento é ser um espaço de crescimento da comunidade de “makers”, desde entusiastas da tecnologia a curiosos pela área, passando por artesãos, cientistas e mecânicos, sendo um local para troca de experiências e networking.

Os interessados na edição de 2019 da Maker Faire Lisboa, a qual conta agora com um novo website, vão poder assistir então à vasta mostra de invenções e projetos tecnológicos pela mão dos “fazedores” durante os dias 11 e 12 de outubro no Campus do Politécnico de Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.