A Microsoft Portugal assinou um protocolo com a Universidade de Aveiro (UA) e vai atribuir um prémio de 2.000 euros ao melhor candidato do ensino superior, admitido e matriculado no Mestrado Integrado em Engenharia de Computadores e Telemática daquela instituição de ensino.



O novo protocolo de cooperação com a universidade visa distinguir estudantes inscritos pela primeira vez naquele Mestrado com a melhor nota de ingresso. São elegíveis apenas os candidatos com notas iguais ou superiores a 135 pontos.



Em caso de empate na avaliação dos candidatos mediante aquele critério será avaliada a classificação obtida pelo aluno no exame nacional de Matemática, a classificação final do ensino secundário e, ainda, a classificação no ensino secundário na disciplina de Matemática, explica a empresa em comunicado.



A atribuição do prémio vai vigorar durante os próximos dois anos letivos e, para além do valor monetário entregue ao vencedor, também prevê a atribuição de um Diploma de Mérito da UA aos vencedores.



O acordo prevê ainda a colaboração das duas distituições em projetos de investigação, a supervisão de bolseiros de investigação, a consultadoria científica e o apoio na operação do nó Living Usability Lab da Microsoft em Lisboa.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.