O Mobile World Congress abre hoje as portas em Barcelona mas as primeiras novidades já começaram a inundar o espaço mediático, com as principais marcas a anteciparem os anúncios que vão marcar os próximos meses na área da mobilidade.

Smartphones quad-core, massificação de terminais Android e lançamentos do Ice Cream Sandwich, um telemóvel com uma câmara de 41 megapixéis e tecnologia que permite submergir os terminais sem os danificar estão já entre as apresentações mais prometedoras, mesmo que nem todas cheguem às mãos dos consumidores nos próximos meses.

A capacidade da câmara do novo 808 PureView da Nokia conseguiu algumas das "manchetes" mais apetecíveis. A marca garante um sensor de 41 megapixéis com uma lente Carl Zeiss no novo telemóvel que deve chegar às lojas em Maio a um preço a rondar os 450 euros. Um vídeo explica a qualidade da imagem, mas mais detalhes podem ser vistos no site.

A marca finlandesa promete eclipsar outras novidades só com o "exagerado" número de pixéis garantidos nas fotografias do novo modelo, mesmo os seus novos telemóveis Lumia, com um modelo mais barato, o Lumia 610, e a comercialização do top de gama Lumia 900 fora dos Estados Unidos, em alguns mercados selecionados, numa lista onde Portugal não está garantido.

Curiosamente os processadores Atom da Intel receberam também o seu (justo) quinhão de atenção, estreando-se em smartphones com a marca Orange e Android por dentro. Os modelos de estreia dos novos processadores para smartphones da gigante de semicondutores vão chegar aos mercados francês e britânico este verão e para já são conhecidos pelo nome de código Orange Santa Clara, mas mostram a aposta da Intel neste mercado e tiram partido da tecnologia adquirida à Infineon.

[caption]Nome imagem[/caption]

Pela mão de outra operadora, e também em parceria, chega mais uma das novidades do Mobile World Congress: o Mozillaphone, que tem o patrocínio da Telefonica e deve estrear num "poderoso operador da América Latina", segundo informação divulgada em conferência de imprensa.

[caption]Mozillaphone[/caption]

O sistema operativo baseado no browser da Mozilla é a base do novo terminal, que terá uma estratégia de massificação, procurando ganhar terreno aos equipamentos mais baratos, habitualmente designados como feature phones. Segundo avançado por executivos da Telefonica, os Mozillaphones podem ser até 10 vezes mais baratos do que um iPhone

A estratégia dos Open Web Devices também interessa a Deutsche Telekom, que é uma das empresas a apoiar o B2G (Boot 2 Gecko) que conta com a Qualcomm para desenhar o hardware de referência.

A LG era uma das "prometidas" na lista de fabricantes a apoiar o Mozillaphone, mas até agora a empresa coreana fez pouco mais do que reformular modelos existentes, como o 3D que tem um display mais "brilhante", ou "aumentar" o ecrã, com o Optimus Vu que tem um ecrã de 5 polegadas e já tinha sido mostrado na semana passada. O terceiro modelo mostrado, o LG Optimus 4X HD, tem um processador Tegra quad-core de 1,5 GHz e já corre a versão Ice Cream Sandwich do Android.

[caption]Nome imagem[/caption]

Do lado das fabricantes a HTC não deixou créditos por mãos alheias e mostrou novos modelos, unificando a marca para plataformas Android com o nome HTC One. A nova família de terminais integra a versão 4.0 do Android com o interface Sense 4 e junta funcionalidades de imagem e som mais avançadas para melhorar a experiência multimédia. Os modelos HTC One X, V e S devem chegar às lojas em Abril, sendo esperada a sua distribuição através de mais de 165 operadores, e os preços não foram ainda divulgados.

[caption]familia htc one[/caption]

Uma "ausência" notada é a da Samsung, que não parece ter feito muito para "roubar" o habitual espaço mediático, reservando-se para um pré anunciado evento em Março, mas não deixa de marcar presença. A marca coreana lançou a versão 10,1 do seu Galaxy Note acompanhado pela caneta S-Pen que tem sido apontada como um dos pontos fortes do tablet/smartphone de 5,3 polegadas. A acompanhar o novo tablet há um conjunto de ferramentas que tornam mais interessante a utilização do equipamento.

[caption]samsung galaxy tab[/caption]

[caption]samsung beam[/caption]Da "fábrica" da Samsung saiu também o Samsung GALAXY S WiFi 4.2 com a versão 2.3 do Android que aposta na tecnologia de som SoundAlive, e o "telemóvel projector" Galaxy Beam (na imagem).

No leque de novidades há também tecnologias de resistentes a "molhas", que deixam os smartphones enxutos mesmo depois de submersos. O TeK já tinha escrito sobre a tecnologia da Fujitsu, mas agora a feira de Barcelona tem alguns concorrentes nesta área, nomeadamente a Liquipel que promete para este ano ainda uma "cobertura" à prova de água para smartphones de topo de gama e a HzO, que já tinha "molhado" alguns equipamentos na CES.

[caption]samsung galaxy tab[/caption]

Esta é só uma primeira aproximação às novidades de Barcelona, até porque os próximos dias vão certamente continuar a ser férteis em novidades que não deixarão de fazer parte da lista de notícias do TeK.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Nota da Redação: Foi feita uma correção no preço do Nokia 808 PureView

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.