O ideal de férias - certamente não para todos - pode ser deixar a internet em casa, acompanhada do PC e esquecer o mundo que nos rodeia dia-a-dia para mergulhar completamente no descanso. Mas isso nem sempre é possível ou desejado e por isso é bom que saiba quando lhe custa levar a Internet na bagagem quando vai à descoberta deste Portugal cheio de sol e calor.

Comparando as ofertas dos três operadores móveis com rede própria, com tarifários pós-pagos de banda larga móvel é fácil perder-se nas páginas e ter a sensação de dejá vu, porque as condições apresentadas são mesmo muito parecidas, para não dizer iguais, em alguns casos.

TMN, Vodafone e Optimus oferecem 5 velocidades possíveis - possíveis porque são as escolhas existentes e possíveis porque o débito a que chegam, como se sabe, depende sempre de alguns factores. 2 Mbps; 3,6 Mbps; 5 Mbps; 7,2 Mbps e 21,6 Mbps são os débitos máximos de cada pacote disponível.

As mensalidades são respectivamente de 22,87 euros; 30,39 euros; 40,55 euros; 45,65 euros e 49,90 euros. No tráfego incluído também não há diferenças: 1 GB, 3 GB e 6 GB (para os pacotes de 5, 7,2 e 21,6 Mbps).

[caption]Preços banda larga móvel[/caption]

Adicionalmente ao tráfego incluído no pacote, as operadoras cobram 2,5 cêntimos por Mbps. Outro ponto em comum é o facto de todos os pacotes pressuporem uma fidelização de 12 meses e não deixarem transitar saldo não gasto de um mês para outro.

A Happy Hour, opção que dá tráfego ilimitado num determinado período (neste caso entre as 02 e as 9 horas) está disponível nas três operadoras, em condições, mais uma vez, iguais.

Promoções de verão fazem uma "borla" no acesso a esta possibilidade nas três operadoras. O cliente pode optar por não pagar a Happy Hour até final do mês ou, em alternativa, ter um desconto de 50 por cento na compra da placa, traduzido em saldo.

A oferta de placas de acesso à Internet móvel é variada embora as diferenças sejam poucas e as marcas também: Huawei e ZTE dominam. O preço mais baixo que vai encontrar é de 19,90 euros, para placas que permitem um acesso à Internet até 3 Mbps. Os equipamentos que dão acesso à categoria de débito mais elevada (até 21,6 Mbps) têm um preço de 129,90 euros.

Nos tarifários pré-pagos os preços mais baixos que vai encontrar fixam-se nos 10 euros. O mais simples e sem obrigações é também uma opção pouco competitiva em termos de preço, disponível nos três operadores: são 10 euros de mensalidade, por 10 horas de navegação em 180 dias. Existem mais duas opções à disposição de quem recorre a esta modalidade nos três operadores. Em ambas deve estar preparado para os baixos débitos permitidos:

[caption]Preços banda larga móvel recarregável[/caption]

As redes de WiFi são um extra para quem subscreve ofertas de banda larga móvel, no caso da TMN e da Vodafone. Pode usar sem abusar, sem grandes preocupações se usa uma subscrição pós-paga, com a condição de ter saldo disponível, se tem um tarifário pré-pago.

Internet no Telemóvel

Mas se o acesso à Internet vai ser mais reduzido também pode fazê-lo através do telemóvel. Aqui os preços arrancam nos 0,99 euros para um dia de acesso e um máximo de 10 MB de tráfego consumido. A partir daí, aumenta a mensalidade e o tráfego incluído. A Optimus mantém a oferta mais simples, adicionando apenas à opção de acesso diário uma opção de acesso mensal que custa 7,62 euros para 100 MB de tráfego. A TMN e a Vodafone dispõem de mais possibilidades (4 no caso da TMN e 3 no caso da Vodafone), mais uma vez com preços iguais, quando comparáveis.

[caption]Internet no Telemóvel - preços[/caption]

Os preços que aqui reunimos resultam de uma análise às ofertas publicitadas nas páginas de Internet dos operadores. Alguns pormenores ficaram de fora mas os traços gerais dos custos em que pode incorrer com as diferentes opções são estes.

Aos leitores pedimos feedback sobre a experiência de utilização destes serviços a partir das diferentes zonas do país, já que além dos preços, uma serviço de Internet também se faz pela facilidade de utilização da Interface que lhe dá acesso e sobretudo pelas condições de acesso à rede.



Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.