A performance do seu computador depende de muitos factores. O hardware escolhido, o software instalado, o sistema operativo e as ferramentas de optimização são alguns dos elementos que fazem a diferença quando falamos de desempenho. Mas a capacidade de refrigeração tem uma forte palavra a dizer neste campo, pelo que não deve ser esquecida.

Os componentes da sua máquina aquecem quando ela está em funcionamento. O processador, a memória RAM e a placa gráfica são os três elementos responsáveis pelo calor na configuração. Quando sobreaquece, o PC baixa de rendimento e, em casos extremos, pode desligar-se, como medida de protecção para não danificar os componentes.

Para garantir uma capacidade de refrigeração adequada - especialmente importante nos próximos tempos, já que a temperatura vai aumentar com o Verão - deve estar atento a duas tarefas essenciais. A primeira tem que ver com a periódica limpeza da sujidade acumulada dentro da caixa, que prejudica a circulação do ar. Use uma lata de ar comprimido e um pincel ou um cotonete, limpando cuidadosamente o hardware com a máquina desligada.

[caption]LIMPEZA[/caption]

A segunda tarefa prende-se com a instalação de um sistema de arrefecimento capaz de dissipar eficazmente o calor gerado pelos componentes. Quando estiver a escolher o equipamento de dissipação, opte por modelos com elevada performance, mas não se esqueça de verificar o nível de ruído do equipamento, que em alguns casos pode tornar-se incomodativo. Deve ter sempre em mente o compromisso entre um bom desempenho e um funcionamento silencioso.

Além disso, utilize - no caso do processador - uma pasta térmica eficiente. Um bom cooler de pouco serve se usar pasta térmica sem grandes capacidades de condução e dissipação de calor…

Podemos meter água?

Vamos focar-nos nos sistemas de cooling - a ar e a "água" (na verdade, não é água que circula no sistema, mas um líquido especial de refrigeração) - e dar-lhe alguns exemplos do que existe nas lojas para resolver o problema de sobreaquecimento do seu PC.

Os sistemas de watercooling são excelentes opções para quem usa o computador para tarefas de processamento exigentes, como a edição de conteúdo multimédia ou os jogos. Este hardware faz circular um líquido pelos principais componentes do seu PC através de tubos, garantindo a redução da temperatura.

Propostas como o Aquagate Max, da Cooler Master (à venda por cerca de 115 euros), são boas opções para quem não se importa de gastar uma horinha a instalar o sistema de refrigeração. O kit conta com adaptadores para o CPU e para a placa gráfica e é eficaz.

[caption]AQUAGATE[/caption]

Mas não é a única solução desta natureza. Do mesmo fabricante, confira o Cooler Master Aqua Viva, disponível por cerca de 55 euros - uma boa opção para a sua placa gráfica.

Veja ainda as soluções BigWater da Thermaltake. Os modelos da série 700 variam entre os 100 e os 110 euros - um preço inferior ao da opção ProWater 850i, disponível por cerca de 120 euros.

O site da AquaPC é, como aliás o próprio nome indica, uma fonte de pesquisa de componentes de refrigeração e especialmente de kits de watercooling. A loja especializada tem quase tudo neste campo e apresenta produtos de marca própria para máquinas com socket A, 478, 775, 1366, AM2 e AM3.

[caption]LIQUIDO[/caption]

Dissipação a ar

Se preferir investir em hardware de dissipação "normal", então o número de opções aumenta consideravelmente. Há, nas lojas especializadas, equipamento específico para reduzir a temperatura de funcionamento dos principais componentes do seu PC e aumentar o rendimento da máquina. Existem produtos de refrigeração para componentes como o processador, os DIMMs de memória, o chipset da motherboard, a placa gráfica e os discos rígidos. Além destes componentes, estão disponíveis ventoinhas para melhorar a circulação de ar dentro da caixa e bases para portáteis, construídas com material especial para dissipação de calor e equipadas muitas vezes com ventoinhas para ajudar no processo de refrigeração.

Falar em sistemas de dissipação de calor para processadores é mergulhar num mundo que mereceria, só por si, um livro. De qualquer forma, vamos indicar-lhe alguns nomes que não deve ignorar.

A Artic Cooling conta com uma gama de produtos muito abrangente e com modelos que conseguem lidar com temperaturas muito elevadas. Recomendamos o Freezer 7 Pro Rev2, um cooler com uma relação preço/qualidade muito atraente (à venda por cerca de 20 euros) e preparado para modelos i7, i5, sockets 775, A64, AM2/2+/3.

Considera que não é suficiente? Então que tal o Freezer 13 Pro (cerca de 33 euros), equipado com uma ventoinha de 120mm e com um sistema de oito heatpipes, preparado para sockets 1366, 1156, 1155, 775 (Intel) e AM3, AM2+, AM2, 939, 754 (AMD)?

[caption]CPU1[/caption]

Outra boa opção para quem comprou processadores de última geração é o V6GT, da Coolermaster. À venda em Portugal por um valor que ronda os 60 euros, apresenta não só um look arrojado como uma capacidade de refrigeração convincente. Inspirado no V10 e V8 do mesmo fabricante, pode ser instalado em sistemas com sockets LGA1366, 1156, 775, AM3, AM2+, AM2.

[caption]CPU2[/caption]

Caso tenha uma máquina concebida para jogos e tarefas multimédia, obrigada a lidar com elevado processamento e com níveis de temperatura muito altos, o NH-D14 da Noctua é uma excelente escolha.

Disponível nas lojas nacionais por cerca de 72 euros, este sistema pode ser equipado com até três ventoinhas e combina um dissipador com seis heatpipes com a oferta da pasta térmica premiada NT-H1.

[caption]CPU3[/caption]

Se o preço lhe parecer exagerado, então a Zalman tem uma proposta para si. O Zalman CNPS 10X Performa foi concebido para quem precisa de reduzir a temperatura do processador mas não tem dinheiro para gastar num sistema de cooling. Disponível por cerca de 35 euros, pode ser utilizado com processadores Pentium 4, Celeron D, Pentium D, Core 2 Duo, Core 2 Quad, Core 2 Extreme, Pentium Dual Core, Core i7, Core i5, Core i3, Sempron, Athlon, Athlon FX, Opteron, Dual-Core Opteron, Phenom, Athlon X2, Phenom II, Athlon II.

[caption]CPU4[/caption]

Tem um computador de sala? Um Media Center onde guarda as fotos de família e os seus filmes e séries preferidos? Saberá então que estes PCs têm caixas com dimensões reduzidas, pelo que os coolers normais não são solução, uma vez que o seu tamanho impossibilita a instalação. Mas não se preocupe. Veja esta proposta da Scythe. O Big Shuriken tem apenas 58mm de altura e foi especialmente concebida para esse tipo de computadores. É vendida por cerca de 30 euros, conta com uma ventoinha de 120mm controlável através do PWM da motherboard. Uma vez que foi criado para ser usado em computadores de sala, é particularmente silencioso.

[caption]CPU5[/caption]

Estes são apenas alguns exemplos de centenas de produtos à sua disposição. Lembre-se que quanto mais exigir da sua máquina, mais eficaz deverá ser o sistema de refrigeração da mesma e a circulação de ar dentro da caixa. Na altura de escolher o cooler e o dissipador, tenha em atenção que muitos dos produtos contam com adaptadores para vários sockets/processadores diferentes, mas confira as especificações do modelo que está a pensar comprar para garantir que ele é compatível com o seu sistema.

Memórias e placa gráfica

Se gosta jogar e quer tirar o máximo rendimento das memórias eu comprou, um kit de refrigeração é uma aquisição quase obrigatória. Regra geral, tem de optar por um kit do mesmo fabricante das memórias, por uma questão de compatibilidade. Tome como exemplo o Airflow Pro, para DIMMs Corsair.

O preço pode não ser o mais apelativo (está à venda por cerca de 63 euros), mas as suas capacidades de refrigeração são inquestionáveis. Especialmente concebido para gamers, este kit pode ser encontrado em lojas de informática especializadas.

[caption]MEMORIA1[/caption]

Caso tenha optado por memórias G.Skill, considere o Turbulance II Fan. Desenvolvido para DIMMs dual ou tri channel, está à venda por cerca de 13 euros.

Caso a sua máquina esteja equipada com memórias OCZ, dê uma vista de olhos no XTC RAM Cooler 2 - a nova versão do RAM Cooler - à venda por preços que rondam os 20 euros.
Se nenhum destes kits servir nas suas memórias, não desespere. Como referimos, procure um kit da mesma marca da RAM. Veja no site do fabricante se existem opções para os seus DIMMs.

[caption]MEMORIA2[/caption]

A sua placa gráfica também deve ser alvo de atenção quando o tema é refrigeração. Quando joga computador - e especialmente no caso de jogos mais exigentes a nível gráfico - a placa gráfica é um dos componentes responsáveis pelo aumento da temperatura dentro do PC.
Nem sempre é fácil instalar um kit de refrigeração na placa gráfica, mas o investimento de dinheiro, tempo e paciência vale a pena a longo prazo. Não só melhora o desempenho da placa como aumenta o seu tempo de vida, já que "poupa" o hardware às temperaturas elevadíssimas a que este pode chegar quando processa informação gráfica em jogos muito exigentes.

Os produtos da Artic Cooling são, na nossa opinião, alguns dos melhores exemplos do que os fabricantes conseguem desenvolver nesta área. Os preços variam entre os 15 e os 60 euros - consoante o modelo - mas pode encontrar hardware com capacidade para refrigerar sem grande esforço o GPU, as memórias e os reguladores de voltagem.

[caption]PLACA1[/caption]

A Thermalright é, como o próprio nome indica, uma marca especializada em soluções de refrigeração de componentes informáticos. Vai conseguir encontrar em Portugal alguns produtos deste fabricante a preços que variam entre os 20 e os 55 euros. Dê ainda uma vista de olhos às propostas da Zalman, da Titan e da Thermaltake, outros três nomes importantes no que respeita a cooling.

Quando escolher o kit de refrigeração para a sua placa gráfica, não se esqueça de verificar a compatibilidade com o fabricante (NVidia ou AMD) e com o modelo da placa.

Caso tenha abandonado os desktops e utilize agora um computador portátil, não deixe de dar uma olhadela às bases de refrigeração (com ou sem ventoinhas) - opções que podem ajudar o chassis do seu notebook quando nas tarefas de refrigeração dos componentes internos do portátil. Ligam-se à porta USB do portátil - onde vão buscar alimentação - e são muito úteis. Os preços variam, mas consegue encontrar uma base eficaz por cerca de 13 euros.

[caption]PORTATIL[/caption]

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.