A Canon apresentou os seus novos equipamentos de fotografia destinados ao mercado de consumo, entre os quais se contam máquinas e impressoras, numa aposta que obedece à lógica de oferecer soluções "a partir o momento em que a imagem é captada até ao momento em que é impressa".

Este ano, a "coleção de Outono" traz duas novas máquinas ultracompactas IXUS, três PowerShot e cinco impressoras Pixma - que reúnem caraterísticas de impressão, digitalização e cópia, contando ainda com funcionalidades que facilitam a vida aos utilizadores das câmaras da fabricante. E é pelas câmaras que vamos começar.

E já que a ideia é acompanhar é acompanhar o utilizador da captação da imagem à materialização da mesma, vamos começar pelo princípio: as câmaras.

Olhando para a prateleira dos produtos em demonstração e obedecendo aos instintos mais básicos de um fotógrafo de ocasião, as primeiras a "saltar à vista" serão, sem dúvida, as novas propostas da gama IXUS.

[caption]IXUS 230 HS[/caption]

As cores vibrantes e design compacto serão os principais responsáveis pelo efeito exercido sobre os presentes, mas a confirmarem-se as promessas da marca, estes modelos não terão apenas um "um palminho de cara" para oferecer.

Ambos os modelos apresentam, por exemplo, características como a capacidade de gravar vídeo Full HD (1080p) com estéreo, desempenhos melhorados em condições de luz fraca, com recurso ao sistema HS, e um novo estabilizador de imagem ótico.

O sistema HS, que combina o sensor CMOS com o processador DIGIC 4, foi introduzido no mercado pela marca há um ano atrás, mas a principal novidade reside no tipo de estabilizador ótico que se lhe junta nos dois novos modelos.

Designado Intelligence IS, este "estabilizador inteligente" oferece um gama de sete tipos de estabilização adequados a usos diferentes da máquina (com recurso a um tripé ou em andamento, por exemplo), reconhecendo o tipo de utilização que está a ser feito e adequando-se a ele.

Tanto a IXUS 1100 HS como a 230 HS vêm equipadas com sensores de 12 megapixéis e com objetivas grande angular de 28mm, mas as suas capacidades variam em fatores como, por exemplo o zoom.

[caption]Ixus 1100 HS[/caption]

Nesta matéria é a 1100 HS quem leva a melhor, oferecendo um zoom ótico até 12x. Entre as características diferenciadoras do equipamento, cuja chegada a território nacional só deve acontecer lá mais para a frente durante o Outono, conta-se ainda o corpo em aço inoxidável que a torna, segundo a Canon, "a mais fina da sua categoria à data da apresentação".

Um ecrã LCD tátil de 3,2 polegadas e os habituais modos automáticos presentes neste tipo de equipamentos, vêm acompanhados da possibilidade de controlo manual de funções como a exposição e abertura.

[caption]IXUS 230HS[/caption]

A IXUS 230 HS é ainda mais fina, sendo notória a forte preocupação com o design neste modelo que mede 22 milímetros de espessura e chega ao mercado nacional em seis cores.

Zoom ótico até 8x e um botão dedicado para gravação instantânea de vídeo (Full HD), que permite ao utilizador mudar rapidamente da fotografia para o vídeo, são outras das particularidades da máquina, que integra um ecrã LCD de 3 polegadas.

Também os adeptos de máquinas com mais corpo e capazes de oferecer uma experiência mais aproximada de uma reflex digital também têm novas razões para sorrir. Três: as PowerShot SX150 IS, SX40 e SX100.

[caption]PowerShot SX150 IS[/caption]

A primeira conta ainda com o mesmo sistema HS presente nas IXUS, mas a resolução do sensor sobe aqui para os 14,1 megapixéis. Apresentada como uma "câmara super-zoom acessível, equipada com características divertidas e criativas", conta com um zoom ótico de 12x, para um alcance de 336mm, e uma grande angular de 28mm.

O equipamento que "permite a todos os membros da família melhorar os seus conhecimentos de fotografia, ou simplesmente deixar a câmara fazer todo o trabalho", vem equipado com um ecrã LCD de 3 polegadas onde, para além da visualização das fotografias, é possível aceder a dicas e sugestões para aprender mais sobre as diferentes definições da câmara e melhorar as aptidões fotográficas de quem a utiliza.

Os vídeos são captados em alta definição (720p), dispondo para o efeito de um botão dedicado e podem ser "apimentados" com filtros de efeitos e exportados para dispositivos Apple, uma vez que a câmara suporta gravação no formato iFrame.

[caption]PowerShot SX150 IS[/caption]

Integrando a nova geração de processadores, a marca lançou a SX40 e a SX100, que servem de plataforma para a estreia do DIGIC 5. Os equipamentos já mereceram a atenção do TeK, a propósito da apresentação do novo processador, mas não podíamos deixar de referir as máquinas que a empresa apelidou de "reflex de bolso".

[caption]PowerShots SX40 HS e S100[/caption]

Ambos os equipamentos gravam vídeo Full HD (1.080p) e apresentam sensores com uma resolução de 12,1 megapixéis.

A PowerShot SX40 HS destaca-se por características como a lente, que oferece uma combinação entre teleobjetiva e grande angular (de 24mm), garantindo um zoom ótico até 35x sem prescindir de um amplo campo de visão.

A PowerShot S100 vem substituir a S95, mantendo aspetos como o anel multicontrolo na lente (o anel que pode ser personalizado para servir de controlo da abertura, exposição, etc), o suporte a imagem RAW e a lente zoom (5x) combinada com grande angular (24mm). Conta ainda com particularidades como o GPS, que regista a localização geográfica e oferece integração com o Google Maps.

Captadas as imagens, e querendo optar por uma impressora da marca, vale sempre a pena dar uma vista de olhos pelas novidades no portefólio Pixma, os modelos MG2150, MG3150, MG5350, MG6250 e MG8250.

Os equipamentos desta linha combinam tecnologia de digitalização e impressão com software de edição de imagens, destinado a facilitar o tratamento das fotografias, podendo mesmo dispensar a passagem pelo computador.

[caption]Pixma MG8250[/caption]

No topo da gama encontram-se as MG6250 e MG825, que oferecem uma resolução de impressão até 9600dpi e fotos de 10x15cm sem margens em apenas 20 segundos, promete a fabricante. Estas incluem também um ecrã integrado na própria impressora que dispensa o recurso a outros equipamentos para acionar muitas das suas funções.

A Pixma MG8250 conta também com scanner para filme de 35mm e slides, a pensar nos fotógrafos que ainda não desistiram das câmaras analógicas.

Escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.