(Actualizada) Tem tardado a concretizar-se a promessa de que a Internet iria conquistar o mundo dos electrodomésticos - dos frigoríficos às máquinas de café que tiravam partido da rede para dar nota de falta de stock e disponibilidade. Alguns modelos ainda foram lançados e ganharam espaço noticioso, mas acabaram por nunca chegar às prateleiras das lojas.

Mas nas televisões os fabricantes têm vindo a apostar na ligação dos equipamentos à Internet e na disponibilização de conteúdos. As connected TVs são uma das novas modas e estão na prioridade de vários fabricantes que têm feito anúncios de conectividade nos seus televisores, ao mesmo tempo que os produtores de conteúdos desenvolvem estratégias para mais esta plataforma.

Embora a tecnologia de desenvolvimento seja baseada em Web, o que permite reaproveitamento de APIs, há que considerar com cuidado a necessária adaptação de formatos... O que faz com que tudo seja mais devagar, sobretudo na materialização em território Luso.

Em Portugal nas últimas semanas a Samsung e a LG protagonizaram anúncios nesta área, mostrando o que têm feito a nível internacional mas contando também com a adaptação de widgets locais, em parceria com a Portugal Telecom.

Outros produtores de conteúdos nacionais estão também interessados neste mundo da TV ligada, e mais serviços podem ganhar espaço nos ecrãs a breve prazo. Pelo menos essa é a promessa que fica no ar.

Ontem a LG lançou o seu serviço Netcast, que fica agora disponível para os clientes portugueses que já possuam televisores compatíveis e que os queiram ligar à Internet, quer através de ligação por cabo ao router ou via wireless, através de uma pen USB de ligação que custa cerca de 30 euros.

A empresa garante que o Netcast já pode ser acedido em 60% da linha de televisores da empresa em comercialização, nomeadamente nos LCD LD650 e LD750 e em vários LEDs lançados depois de Março, mas que no próximo ano 80% dos modelos integrarão já o serviço.

De acesso gratuito, como não podia deixar de ser, o leque de serviços dá acesso a informação, indicações meteorológicas, ligação às redes sociais e a jogos.

Sem desprezo pelos serviços internacionais, o destaque natural é para os conteúdos adaptados pelo SAPO e pelo Meo aos ecrãs dos televisores da LG. A equipa de desenvolvimento do SAPO tem vindo a trabalhar em aplicações multiplataforma e já marca presença em várias plataformas de telemóveis e nos televisores da Samsung.

Para a LG o SAPO adaptou o SAPO Kiosk e SAPO Farmácias, que estão também na plataforma da Samsung, e ainda o SAPO Futebol e o Meo Magazine, que pela primeira vez salta do menu do serviço de IPTV para uma plataforma externa.

[caption]meo magazine[/caption]

No SAPO Farmácias, um dos serviços com mais utilização nas televisões segundo a (curta) experiência do SAPO, há sistemas de auxílio à localização das farmácias de serviço, como a possibilidade do sistema identificar o local de ligação à Internet, que funciona melhor se a rede for da PT. Em alternativa o utilizador pode definir a sua morada, uma informação que só tem de introduzir uma vez.

[caption]sapo farmácias[/caption]

O desporto tem um espaço especial nestes serviços, com o SAPO Futebol, também exclusivo no Netcast, pelo menos para já. Notícias, Classificações, Calendários de Jogos, Fotos e Videos estão em destaque a todo o tamanho dos ecrãs de televisão, facilitando a navegação pelas novidades do campeonato e taça portugueses.

[caption]sapo futebol[/caption]

Do alinhamento internacional a LG traz também para Portugal a ligação directa ao YouTube, com uma nova forma de ver televisão. E a ligação cada vez mais importante às redes sociais Facebook e Twitter, para ver os perfis e mesmo para introduzir informação, se não se chatear com o uso limitativo do comando.

[caption]facebook[/caption]

Podem ser definidas várias contas de utilizador, à medida da família que usa a televisão.

Para informação meteorológica a LG tem uma parceria com a AccuWeather, que também serve para mudar o "clima" do fundo do ecrã, à medida do estado do tempo e da hora do dia, mostrando um cenário soalheiro ou nocturno. O utilizador só terá de definir a cidade onde se encontra para ter a informação sempre actualizada e olhar através do ecrã para o tempo que faz lá fora.

[caption]ACCU weather[/caption]

Pode contar também com jogos, através de uma parceria com a Accedo, onde se conseguiu um sistema mais fácil para superar as limitações do comando da TV na introdução de dados, que é muito útil por exemplo no Sudoku.

[caption]jogos[/caption]

Alguns destes serviços integram também a Smart TV da Samsung, que já foi objecto de uma montra do TeK em Outubro, quando a marca lançou o serviço em Portugal. A parceria com o SAPO garantia a presença nestes ecrãs dos serviços Sapo Farmácias, Sapo Vídeos, Sapo Kiosk e Sapo Fotos, a par de outros serviços internacionais como o Facebook, Twitter e o YouTube, entre outros.

[caption]smart tv[/caption]

A tecnologia internet@tv da Samsung está disponível nos televisores LED, LCD e Plasma nas séries 6, 7, 8 e 9, mas só as que saíram das lojas já em 2010. De acordo com a Samsung os televisores da gama de 2009, mesmo que tenham a função de internet, não são compatíveis com a plataforma de 2010. Quem tiver televisões de 2009 com a função Internet@TV apenas poderá utilizar widgets do ano passado.

As televisões podem ser ligadas directamente através de um cabo LAN ao router ou através de ligação wireless. Se for necessário, o utilizador pode adquirir um adaptador LAN Wireless, dos acessórios da Samsung, que custa cerca de 59 euros.

A Samsung já tinha introduzido, em 2008, feeds RSS de texto nas suas televisões, trazendo para a TV as notícias, meteorologia e informações sobre a Bolsa com a funcionalidade Infolive.

No ano passado a empresa apresentou a Internet@TV e este ano disponibilizou, em cerca de 120 países, a Samsung Apps, a primeira loja de aplicações para televisão. Actualmente, estão disponíveis mais de 200 aplicações através de parcerias com líderes europeus e de todo o mundo na indústria do fornecimento de conteúdos.

A Toshiba é outra das marcas a trabalhar nesta área e, em Setembro, anunciou uma parceria com a Yahoo para adaptar widgets aos seus televisores, que se junta a alguns conteúdos que já eram disponibilizados anteriormente, com o acesso directo ao YouTube nos menus da televisão.

Outros fabricantes se juntarão em breve a esta lista, até porque os ecrãs da Televisão prometem ser uma forma de ultrapassar limitações que ainda existem de acesso à Internet, nomeadamente pela falta de computador ou de familiaridade para os utilizar. E o televisor é um equipamento com que a grande maioria das pessoas se sente à vontade.

Fátima Caçador

Nota da Redacção: A notícia foi actualizada com a informação dos modelos Samsung compatíveis com o Smart TV

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.