Apostada em chegar a número um em todas as linhas de produtos, a Samsung mostrou esta semana no Samsung European Forum as novas gamas de Audio e Vídeo e de TI que começam agora a chegar às lojas. Os televisores de tecnologia LED estão entre os principais destaques, como o TeK já escreveu, mas há mais novidades a merecer um olhar atento nesta montra.

Televisores LED e Medi@2.0

Já referidos pelo TeK, os televisores LED são considerados pela Samsung como o novo passo da evolução da TV, ganhando face aos LCD em contraste de cores e poupança de energia, para além de conseguirem uma espessura de apenas 30 milímetros, o que garante a colocação "arrumada" em qualquer móvel da sala e os torna ideais para pendurar na parede.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Os televisores LED vão estar à venda já esta semana em Portugal e estão disponíveis para já nas gamas 6000 e 7000, com dimensões entre as 32 e as 46 polegadas, começando com preços de 1199 euros até aos 2.199 euros.

A par dos novos Televisores LED a Samsung lançou também novos modelos LCD, com o upgrade da linha de Crystal TV e a integração de tecnologia varrimento de imagem de 200 Hz.

A integração de conteúdos gerados na Internet é outra das bandeiras da Samsung para a nova gama de televisores e o sistema Medi@2.0 vai estar desde já disponível em mais de 25 televisores, permitindo a apresentação de ícones no ecrã de forma não intrusiva. O conceito já tinha sido apresentado na IFA mas é agora refinado através do desenvolvimento de widgets em parceria com a Yahoo, mas numa plataforma aberta a outros parceiros.

Na linha de imagem de alta definição são ainda de destacar dois leitores de Blu-ray, o BD-P4600 e o BD-P3600, sendo o primeiro inovador na capacidade de se pendurar na parede.

[caption]Nome da imagem[/caption]

A Samsung mostrou ainda três novos sistemas de Home Cinema, uma área onde tem vindo a ganhar quota de mercado. O modelo de topo de gama, HT-BD8200 integra já um leitor de Blu-ray e um subwoofer wireless, podendo ser ligado a um PC via Wi-Fi para transmissão de conteúdos digitais.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Mini notebooks em grande variedade

A Samsung não foi das primeiras empresas a entrar "na onda" dos mini notebooks mas isso não significa que queira ficar para trás. A nova linha N310 aposta na diversidade de cores e em alguma diferenciação através dos materiais usados no chassi, assim como na apresentação do logo da empresa, gravado de forma saliente nos portáteis.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Disponíveis em turquesa, azul escuro, preto e laranja, os novos mini notebooks pesam 1,23 quilogramas e integram um ecrã de 10,1 polegadas, assim como um teclado integral com teclas surpreendentemente confortáveis de utilizar. A bateria pode ir até 5 horas na capacidade normal.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Face ao crescimento do mercado de mini notebooks os responsáveis da Samsung afirmaram em conferência de imprensa que a expectativa é que estes pequenos notebooks venham a representar 50% das vendas de portáteis da marca em 2009.

Infelizmente esta é uma linha de produtos que a Samsung não tem disponível no mercado português.

Ainda dentro da oferta de informática a Samsung apresentou vários modelos de monitores, entre os quais o 2233RZ, um monitor de 22 polegadas 3D que deverá chegar ao mercado português em Maio mas cujo preço ainda não está definido.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Em conjunto com óculos 3D desenvolvidos pela NVidia, que têm de ser carregados via USB, este monitor oferece uma boa experiência em imagens tridimensionais mas não deixa de parte o trabalho normal em 2D. Esta capacidade tridimensional pode ser explorada sobretudo em jogos ou filmes, estando disponíveis já cerca de duas centenas de jogos no mercado.

Nos monitores a Samsung está também a apostar numa linha de segundos ecrãs para os portáteis, que podem estender a produtividade dos utilizadores e são quase portáteis, dispondo de um apoio traseiro e de ligação por porta USB. Os dois modelos anunciados são os LD190N e LD220.

Impressoras para ganhar mercado

Apontadas para o mercado empresarial, as novas impressoras apresentadas no European Forum da Samsung têm um objectivo: ganhar mercado. A empresa tem vindo a investir fortes recursos neste segmento e na Europa tem vindo a aproximar-se do líder, conseguindo 21 por cento do mercado de impressoras laser em 2008 e 29 por cento do mercado de multifunções.

Em 2009 a empresa quer crescer 10% neste segmento, e para além da área de serviços com o Managed Printing Services, apresentou três novos modelos, entre os quais a CLP-770ND, que reclama ser a impressora laser mais rápida, produzindo 32 páginas por minuto.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Falta agora esperar que grande parte destes produtos cheguem ao mercado português e que sejam revelados os preços de venda a público.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.