Quantas vezes desejou saber por onde anda uma determinada pessoa ou bem, sem possibilidade de concretizar esse desejo? Por muito que se respeite a privacidade das pessoas ou se mantenham os bens mais preciosos debaixo de vista, às vezes há que assumir que algumas situações fogem do controle e nos tornam mais “bisbilhoteiros”.

A tecnologia pode ajudar, sem ter de recorrer a um detective. Para além das soluções de localização por telemóvel, há equipamentos dedicados que podem servir de “acompanhante virtual”, de forma discreta e com acesso rápido à informação através da Internet, podendo também ser alertado no telemóvel face a determinados parâmetros configuráveis, como a saída de uma zona “de segurança” definida à priori no mapa.

As soluções de que hoje lhe falamos são comercializadas pela Inosat que se especializou em aplicações de localização por GPS para empresas e individuais, tudo combinado com acesso Web à informação e alertas por SMS no telemóvel.

Veículos, pessoas e objectos estão na lista de alvos que os produtos da empresa podem ajudar a “seguir”.

Para as empresas as soluções estendem-se do InoFrota Start ao InoFrota Trace, InoFrota Pro e InoFrota Navigator, a escolher consoante a dimensão da empresa e os serviços que se pretendem abarcar.

[caption]inosat empresas[/caption]

Para fins mais privados, é a outra gama de produtos que mais interessa. Do localizador de carros que permite imobilizar a viatura a partir do telemóvel ou do computador em caso de carjacking, o Car Locator, ao Child Locator e Pet Locatos, para animais de estimação “fujões”, as utilizações são vastas e dependem da imaginação, engenho e interesses de cada um.

[caption]inosat empresas[/caption]

No caso do CarLocator a segurança da viatura é o principal objectivo. Esta solução exige instalação na viatura, que já está incluída no preço de 529 euros, mas o serviço é bastante completo: o utilizador pode receber um alerta quando o carro é ligado ou se a bateria for cortada. Pode ainda definir uma velocidade máxima e ser avisado se esta for ultrapassada, e definir zonas de segurança quando estaciona a viatura.

[caption]inosat empresas[/caption]

No Child Locator os alvos de localização são, como o nome indica, as crianças, embora a solução possa ser usada para adultos. Basta colocar o equipamento na roupa da criança ou numa mochila que a acompanhe permanentemente para saber de forma fiável onde ela se encontra, ou se saiu do “circuito” habitual. Esta solução custa 359 euros e tem também sido aplicada a doentes de Alzheimer que se perdem com frequência devido às perdas de memória.

Mais completa é a solução MyLocator, a única que testámos. Custa só mais 20 euros (379 euros) e estende estas funcionalidades com a adição de um microfone no equipamento, que pode ser activado remotamente e permite remotamente ouvir os sons que o rodeiam.

Embora fontes da Inosat admitam que estes aparelhos são muitas vezes usados para detectar situações de infidelidade, ou suspeitas, por parte de mulheres e homens ciumentos, a aplicação não se limita a “seguir” pessoas, podendo também acompanhar objectos importantes, como a mala numa viagem, ou a pasta do portátil para quem tem tendência de perder objectos.

A configuração da conta no site da Inosat é muito fácil e depois de uma carga inicial de bateria que deve durar pelo menos 6 horas o equipamento está pronto para a sua função detectivesca. Há que definir zonas onde o aparelho pode circular, o número de telefone onde são recebidos os alertas e as situações em que estes devem ser emitidos (como a saída da zona de segurança, a falta de bateria ou o baixo valor do carregamento do cartão).

[caption]inosat empresas[/caption]

Para além do sistema de GPS, localizável num mapa feito a partir do sistema da Google, o MyLocator inclui um cartão de telemóvel que não tem mensalidades, mas que deverá ser recarregado quando o plafond se esgota, sob o risco de não continuar a receber alertas de SMS nem poder ouvir as comunicações junto do aparelho.
[caption]inosat empresas[/caption]

A bateria dura algum tempo, embora não os 30 dias referidos pela Inosat. Na experiência que fizemos durou quase três semanas, sempre activo e com o led vermelho a piscar.

Para além de poder determinar a cada momento a localização no mapa do equipamento, e dos alertas referidos, a aplicação tem também uma funcionalidade de histórico, podendo seguir os percursos feitos durante um determinado número de dias, o que na teoria da conspiração pode ajudar a “montar” padrões de comportamento.

[caption]inosat empresas[/caption]

Agora já sabe. Conforme o seu “perfil” tem duas opções mais evidentes: pode ir a uma loja comprar um destes aparelhos para seguir alguém, ou alguma coisa, ou fazer uma revisão nos seus bens mais próximos e no carro para ver se não estará a ser seguido...

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.