Depois de ter reentrado “a sério” no mercado de portáteis em Portugal há poucos meses, a Samsung continua a procurar dar provas de que tem argumentos para conquistar posições cimeiras, à procura do objectivo de chegar ao primeiro lugar até 2013, a nível global.


Em algumas áreas a empresa já está próxima dos primeiros lugares, como adiantou hoje ao TeK Nuno Cunha, responsável pela unidade de negócio de notebooks em Portugal, mas a aposta continua a fazer-se pela qualidade, diversificando também a oferta para responder a necessidades de diferentes segmentos.


A somar às linhas de netbooks e notebooks que já tinha no mercado, a empresa apresentou hoje três novos portáteis de baixo custo com preços entre os 350 e os 400 euros e três novas séries de portáteis, entre os quais se conta um equipamento preparado para a “guerra de preços” e uma estreia da Samsung no segmento de gaming em Portugal.


Para além do hardware e do design, as novas gamas trazem novidades a nível da simplicidade de utilização e da ligação a outros dispositivos, com a implementação do Fast Start, uma funcionalidade que permite arrancar com o sistema operativo em 3 segundos mesmo quando o computador parece estar desligado, e o All Share, que faz a ligação com outros dispositivos Samsung para partilha de conteúdos.


Ambas as funcionalidades estão implementadas em quase todos os novos equipamentos e serão alargadas às novas gamas de portáteis, com o All Share a ganhar presença também noutros dispositivos de electrónica de consumo, como os telemóveis, televisores, impressoras, máquinas fotográficas e câmaras de vídeo digitais.


Os netbooks são das máquinas que mais ganham com a implementação do Fast Start, até porque pelo tamanho e portabilidade são mais facilmente transportados para qualquer lugar, com os utilizadores a exigirem maior rapidez no arranque para uma disponibilidade imediata no acesso às aplicações locais e à Internet e email.

[caption]NF210[/caption]


Entre os novos netbooks hoje apresentados pela Samsung o NF110 é mais barato, incluindo já memórias DDR3 que equipam toda a nova linha destes portáteis e que optimizam a performance do processador Intel Atom 455. Com um disco de 250 GB e uma bateria que dura até 11 horas, este netbooks ganha mobilidade e desempenho, sem fugir do preço abaixo dos 350 euros, mais especificamente 349 euros.

O estilo diferenciador, com uma curva saliente que se percebe numa visualização lateral e que a Samsung designa por design shark é partilhado pelos outros três modelos hoje apresentados pela Samsung, o NF210 e o NF310, que se distinguem pelos acabamentos exteriores mas também pelo equipamento interior.

[caption]NF210[/caption]

O Samsung NF210 melhora o requinte técnico com um revestimento em branco marfim e um teclado com teclas em ilha, para maior conforto na utilização, enquanto conta com a capacidade de processamento de um processador Dual Core Intel N550, e o mesmo impulso da memória DDR3. O preço sobe para os 369 euros, completamente justificados por estas melhorias…

No topo de gama dos netbooks fica agora o NF310, que oferece um toque metálico mais próximo dos portáteis “a sério” e um ecrã de resolução HD, mantendo porém a mesma dimensão modelo dos netbooks, nas 10,1 polegadas. Esta qualidade adicional reflecte-se na duração da bateria, que desce para as 9,5 horas, mas também no preço, que sobe para os 399 euros.

O preço é o grande argumento de venda do novo portátil da série RV. Com um PVP entre 549 e 599 euros, consoante a inclusão de uma placa gráfica partilhada ou dedicada, este modelo destina-se a quem procura um equipamento de entrada de gama, sem perder performance. O RV510 tem um ecrã HD de 15,6 polegadas mas nada de especial a distingui-lo de outros equipamentos da mesma gama no mercado, excepto talvez o teclado numérico.

[caption]rv510[/caption]

Na gama imediatamente a seguir, o Samsung SF510 já inclui um processador Intel Core i3, uma placa gráfica nVidia GeForce GT310M com 510 MB de memória e o recurso à tecnologia de gestão híbrida do processamento gráfico. O disco rígido tem capacidade de 500 GB e o pacote integra um leitor de DVD SuperMulti DL, para que possa tirar partido da visualização de filmes no ecrã de 15,6 polegadas HD. O preço está fixado nos 899 euros.

[caption]sf510[/caption]

Para características diferenciadoras as atenções viram-se para o Samsung QX510, que embora apostando na mesma dimensão de 15,6 polegadas para o ecrã vem artilhado com um processador Intel Core i5 – 560 M, uma placa nVidia GT420 com 1 GB de memória dedicada e um disco de 640 GB.

A abordagem híbrida do processamento gráfico – já usado por outras marcas – é aplicada pela Samsung para poupar bateria, permitindo a activação automática da capacidade da placa nVidia sempre que é exigido melhor desempenho gráfico, mas mudando para o recurso ao processador gráfico da Intel para as aplicações menos exigentes.

[caption]qx510[/caption] Os utilizadores podem ainda contar com as tecnologias já referidas de Fast Start e All Share, mas também com alguns pormenores que facilitam a vida no dia-a-dia, como a porta USB Sleep-and-Charge para carregar telemóveis ou leitores de MP3 mesmo quando o computador está desligado, ou o botão para desligar a antena Wi-Fi, permitindo reduzir o consumo de bateria quando esta ligação não está a ser usada.

O preço de venda a público é também “artilhado”, fixando-se nos 1.299 euros.

O topo de gama dos novos portáteis, que marca a entrada da Samsung no segmento de gaming em Portugal, é o RF 710. Construído a pensar nos power users, este Notebook tem tudo o que é exigido: um processador Intel Core i7 QM, uma placa nVidia GT420 de 2 GBytes de memória dedicada, armazenamento de 1 Terabyte (2 discos de 500 GB) e leitor de Blu-ray.

A placa gráfica é das de maior performance no mercado para esta categoria e a capacidade de expansão de memória RAM vai até 8 GBytes, com duas ranhuras SoDIMM, mas os trunfos do Samsung RF710 estendem-se também à análise inteligente de conteúdos exibidos no ecrã que ajusta automaticamente a luminosidade para a adaptar à projecção de um vídeo ou jogo, mudando para a navegação web ou uso de processador de texto ou folha de cálculo quando assim é exigido.

Claro que o preço também tem de condizer com as características e por isso não vale a pena admirar-se com o PVP de 1.499 euros, que mesmo assim não fica certamente entre os mais elevados para esta categoria.

[caption]qx510[/caption]

Nota da Redacção: Foi corrigida uma informação relativa à capacidade do disco do Samsung SF510 causada por uma lamentável troca de letras. Onde se lia 500 MB devia ler-se 500 GB... Foi também corrigida a memória dedicada da placa gráfica placa nVidia GT420.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.