Seguindo a tradição, ainda as portas do Mobile World Congress não tinham aberto e algumas marcas já apresentavam novidades. A Microsoft foi uma das primeiras, com a revelação de um novo design de referência para o Windows Phone, como o TeK já tinha noticiado, mas não foi a única.



A Samsung também procurou antecipar-se à concorrência e garantir destaque na imprensa logo ontem. Esta manhã foi a vez da Nokia confirmar que tinha mesmo planos para ver o Android a correr nos seus equipamentos.



Ao longo dos dias, e até quinta-feira, muitas serão as novidades com espaço de destaque no evento, mas os gigantes das comunicações móveis avançam com tudo para garantir os primeiros minutos (horas, dias…) de fama, lançando argumentos para atrair tanta atenção quanto possível para os seus expositores.



Este ano não foi exceção e marcas como a Sony, Huawei, Lenovo e LG seguiram os passos de uma Samsung, de uma Nokia ou mesmo de uma Microsoft e já mostraram as cartas com que vão a jogo nos próximos dias em Barcelona. Compare argumentos e veja o que mais lhe agrada naqueles que, até agora, são os gadgets mais mediáticos da feira.








Nas próximas páginas pode encontrar detalhes sobre vários lançamentos:



Samsung revela 2ª geração do Gear
Sony apresenta dois novos smartphones e um tablet
Lenovo aposta forte no Android: a plataforma para 3 novos smartphones
Huawei revela relógio inteligente
LG dá nova vida aos smartphones G2 e Pro

Samsung revela 2ª geração do Gear

A Samsung ainda não mostrou tudo o que tem para revelar em Barcelona. Começou com a segunda geração do Galaxy Gear, confirmando rumores.


A fabricante coreana também escolheu o domingo para mostrar as primeiras novidades da sua participação nesta edição do Mobile World Congress e apresentou dois novos relógios inteligentes: o Gear 2 e o Gear 2 Neo. O primeiro tem uma câmara integrada no ecrã, o segundo não tem câmara.


Os dispositivos permitem atender chamadas e mensagens ou mostram notificações, tarefas que o utilizador pode assim deixar de executar no telemóvel para assegurar diretamente no relógio. Tal como também acontecia com a versão original do Gear, nas novas o dispositivo inclui ainda funcionalidades que ajudam à monitorização da atividade física.


Entre as novidades destacam-se a capacidade das novas versões do gadget para controlar outros dispositivos eletrónicos da casa, ou a capacidade para funcionar de forma autónoma (relativamente ao telemóvel) como leitor de música.


Outra novidade é o facto de os novos Gear não correrem Android mas Tizen, o sistema operativo que a Samsung tem vindo a desenvolver em parceria com a Intel.


Os novos dispositivos serão vendidos em abril e vão destacar-se também pela autonomia da bateria, que pode durar até três dias. Contam com ecrãs de 1,63 polegadas, processador de 1GHz e 4GBde memória interna. Serão compatíveis com a maior parte dos equipamentos da Samsung, que tem usado o Android como sistema operativo preferencial.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Sony apresenta dois novos smartphones e um tablet

A Sony reservou para o MWC a apresentação de um novo tablet e dois smartphones. Tudo da linha Xperia e tudo equipado com Android.



O Tablet Xperia Z2 conta com um ecrã de 10,1 polegadas de alta definição e um processador Qualcomm Snapdragon de quatro núcleos. Destaque também para a bateria, com autonomia para mais de 10 horas (em utilização de conteúdos multimédia). A questão da bateria é aliás uma das melhorias mais marcantes dos equipamentos apresentados até agora na feira, em grande medida graças à evolução da maioria dos modelos para processadores quad core.


Voltando ao tablet Xperia Z2, vale ainda a pena sublinhar que o dispositivo é à prova de água e é apresentado como o mais fino e leve do mundo. Tem uma câmara de 8,1 megapixéis.

O smartphone com a mesma designação, Xperia Z2, será um topo de gama que integra um ecrã de 5,2 polegadas, uma câmara e 20,7 polegadas e capacidade de gravação em 4k, enquanto o irmão menos elaborado, apontado pela Sony como uma alternativa para quem antes tinha um feature phone, o Xperia M2, contará com um ecrã de 4,8 polegadas, uma câmara de 8 megapixéis e um processador de quatro núcleos a 1,2 GHz. O primeiro chega às lojas em março, o segundo - será vendido a partir de abril. Ambos suportam 4G.

O smartphone Z2 dispõe da mesma capacidade de processamento que o tablet e, tal como o primeiro, também integra uma tecnologia de redução de ruído e suporte para a tecnologia NFC, que permitirá a sua conexão a outros dispositivos, como os acessórios da gama SmartWear.

[caption]Sony Xperia Z2[/caption]

Lenovo aposta forte no Android: a plataforma para 3 novos smartphones

A chinesa Lenovo é uma das marcas que se tem posicionado de forma consistente para desafiar as potencias ocidentais da tecnologia. Já comprou a divisão de portáteis da IBM há uns anos e este ano Volta a apurar argumentos com as novidades do MWC.



A empresa mostra na feira três novos smartphones da sua S Series: S860, S850 e S660. Todos estão equipados com o sistema operativo Android, partilham a capacidade Dual SIM e a capacidade de processamento, que assenta em quatro núcleos a 1,3 GHZ. O processador é da MediaTeK.


O Lenovo S860 integra um ecrã HD de 5,3 polegadas, tem uma câmara de 8 megapixéis e uma RAM de 2GB. A memória interna é de 16GB. O Lenovo S850 conta com um ecrã HD de 5,3 polegadas, uma câmara de 13 megapixéis, 1GB de RAM e 16 GB de memória.


Fecha o trio o Lenovo S660, que é o modelo de gama de entrada destas três opções. Conta com um ecrã IPS de 4,7 polegadas, 1GB de RAM e 8 GB de memória interna. A câmara integrada é de 8 megapixéis.


Os novos modelos começam a chegar às lojas em junho e terão preços entre os 229 e os 349 dólares, de acordo com a informação agora revelada pela empresa.

[caption]Lenovo S660[/caption]

Huawei revela relógio inteligente


Da Ásia também já chegaram ao Mobile World Congress as novidades da Huawei: o Ascend G6, um smartphone, o MediaPad XL, um phablet, e um smartwatch TalkBand B1, estão entre os principais destaques.



O Ascend G6 surpreendeu poucos, porque a própria marca já tinha avançado alguma informação sobre o produto e revelado imagens. O smartphone conta com um processador Snapdragon 400 de quatro núcleos a 1,2 GHz e 1 GB de RAM. Chegará às lojas já nas próximas semanas e terá um preço atrativo, garante a marca, que ainda não deu mais detalhes.


O MediaPadX1 integra um ecrã de 7 polegadas, que o coloca numa categoria a meio caminho entre o tablet e o smartphone. Oferece uma resolução de imagem de 1.920x1.200 pixéis, uma câmara de 13 megapixéis e um processador de quatro núcleos a 1,6 GHz. A RAM é de 2 GB e a memória de 16 GB. Está equipado com Android e chega às lojas a partir de março. O preço para a Europa é de 399 euros.


No trio de novidades da Huawei destaque ainda para um relógio inteligente, que permite à marca entrar no popular segmento wearable. O TalkBand B1 é um relógio com aspeto de bracelete, que sincroniza com o smartphone permitindo gerir algumas das suas funcionalidades a partir daí, e que reúne também funcionalidades de apoio à atividade física. Pesa 26 gramas e foi mostrado em várias cores. Ainda não tem preço ou data de lançamento prevista.


[caption]novo tablet da Huawei[/caption]

LG dá nova vida aos smartphones G2 e Pro


A LG revela no Mobile World Congress edições renovadas de produtos que fizeram sucesso, como o LG G2 ou o LG Pro.



Na feira a empresa asiática está a mostrar o LG Pro 2 e o LG G2 Mini que são dois dos produtos em destaque no expositor da marca, onde também é possível ver o LG G Flx, o smartphohne de ecrã curvo que a empresa revelou recentemente.


O LG Pro 2 conta com um ecrã de 5,9 polegadas Full HD com Gorilla Glass 3 e câmara de 13 megapixéis. Está equipado com o Android KitKat 4.4.2 e com um processador de quatro núcleos Snapdragon 800 a 2,26 GHz. Tem uma RAM de 3GB e uma memória interna de 16 ou 32 GB.


Já a versão mini do LG G2, que é agora apresentada pela empresa, procura alargar o sucesso da versão original a um universo mais lato de utilizadores, fora do segmento mais alto do mercado.


O equipamento mantém um conjunto de funcionalidades do modelo original e dispõe de suporte para 4G (tal como LG Pro 2), processador dual core a 1,2 GHz ou 1,7 GHz e câmara de 13 ou 8 megapixéis, opções que o utilizador poderá escolher. O LG G2 Mini tem um ecrã de 4,7 polegadas, com uma resolução de 960x540 pixéis.


O dispositivo chega às lojas em março, com opção dual SIM para alguns mercados. Também está equipado com o sistema operativo com desenvolvimento liderado pela Google, o Android.

[caption]Novos modelos da LG[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.