As previsões e estimativas das consultoras mais populares não auguram nada de muito bom para o mercado da impressão. As vendas e os valores relacionados com o sector têm vindo a baixar, o que exige às fabricantes que avancem com novas propostas e estratégias.

O "truque" pode estar na aposta de serviços diferenciados que aproveitem a popularidade de algumas tecnologias e tendências. Estima-se que nos próximos anos se passe a imprimir menos a partir de casa, mas a abertura do espectro de funcionalidades móveis possibilita que, por exemplo, 75 por cento dos terminais móveis possam dar ordem de impressão.

Já a estratégia para o mercado empresarial passa, essencialmente, por substituir o parque de impressão por um conjunto de dispositivos mais fáceis de gerir e fiáveis.

As fabricantes de impressoras e equipamentos com capacidades de impressão continuam assim
a dinamizar o mercado, com propostas que abrangem desde ofertas para o "lar" ou para pequenos grupos de trabalho às soluções profissionais. E o Outono trouxe novas "colecções".

OKI

A OKI anunciou a introdução de duas novas séries para o segmento de mercado das PMEs e pequenos grupos de trabalho.

As séries C300 e C500 contam com tecnologia digital LED de uma única passagem, oferecendo velocidades de impressão até 26ppm (cores) e 30ppm (mono), primeira página de cor impressa até nove segundos na série C300 e oito segundos na série C500 e impressão duplex como standard, em todos os modelos.

As C300 e C500 também têm funcionalidades mais amigas do ambiente. O ECO Mode reduz a velocidade de impressão nos trabalhos pequenos, diminui o tempo de impressão da 1ª página e reduz ainda o consumo de energia. A C530dn oferece baixo consumo, de 1.1W, quando em modo de hibernação.

[caption][/caption]

No caso das C310dn e C330dn a velocidade de impressão é de 22ppm cor e de 24ppm mono. A resolução máxima é de 1.200x600dpi, enquanto a velocidade do processador varia entre os 266MHz (C310dn) e os 532MHz (C330dn).
Os preços de referência, aos quais acresce o IVA, são de 299 euros para o modelo C310dn e de 349 euros para o modelo C330dn.

Já os novos modelos da série 500 oferecem uma velocidade de impressão de 26ppm cor e de 30ppm mono e uma resolução máxima de 1.200x600dpi. Os preços variam entre os 399 euros para o modelo C510dn e os 449 euros para o modelo C530dn (mais IVA).

[caption][/caption]

A OKI tem igualmente novas propostas para a impressão laser/LED cor A3, com dois modelos de série C800. As novas OKI C801 e C821 juntam-se aos modelos de impressão cor A3 de entrada de gama C810 e C830 e destinam-se a utilizadores profissionais "com budgets mais reduzidos, em que o investimento inicial é especialmente crítico", refere a empresa.

As C801 e C810 foram desenhados "para grupos de trabalho que imprimem documentos A4, mas que querem ter a conveniência da impressão A3". A C801 é mais acessível, enquanto a C810 pode imprimir maiores volumes, oferecendo maior rapidez de impressão e custos de funcionamento inferiores, garante a OKI.

[caption][/caption]

Os novos equipamentos respondem às exigências da impressão de documentos A4 standards e aos requisitos A3 de posters, cartões de visita, banners e outros materiais de marketing.

Na Série C800, a OKI oferece quatro aplicações chave: o Template Manager (ajuda a criar documentos profissionais, incluindo booklets, rótulos de CD e cartões de visita), o Print Control (permite controlar a utilização da impressora e os custos, podendo limitar a utilização da impressão a certos grupos de utilizadores ou indivíduos) o Print Supervision (permite a monitorização, o report e a gestão de todas as impressoras através de browser), e o Colour Access Policy Manager (oferece a capacidade de monitorizar e controlar a utilização de cor, determinando se um documento é para imprimir a cores, mono ou até evitar que seja impresso).

A velocidade de impressão é de 12ppm cor/17ppm mono, para A3, e de 22ppm cor/32ppm mono, em A4. Os tempos de impressão da 1ª página variam entre os 9,5 segundos mono e os 11,5 segundos cor, sendo a resolução de 1200 x 600dpi.

Os novos modelos da série C800 da OKI já estão disponíveis no mercado, com preços de referência a variarem entre os 949 e os 1.099 euros, mais IVA, para a C801, e os 1.099 e os 1.249 euros, mais IVA, para a C821.

Canon

A mais recente proposta da parte da Canon faz-se na área do laser e dirige-se para grupos de trabalho com requisitos de grande volume de impressão. A impressora laser monocromática de topo de gama i-SENSYS LBP6750dn oferece design compacto e funcionalidades que incluem Emulação PostScript Nível 3, dois alimentadores de papel e conectividade Wi-Fi.

O novo equipamento é capaz de imprimir 40 ppm e disponibiliza impressão em sistema duplex automático, por forma a economizar custos.

O interface de rede integrado permite a partilha da i-SENSYS LBP6750dn entre vários utilizadores. A impressora pode também ser monitorizada a partir de qualquer navegador de Internet, utilizando o Interface Remoto de Utilizador, garantindo assim eficiência de custos e tempo, e uma gestão simples da impressão.

[caption][/caption]

O equipamento permite a colocação de dois tabuleiros de papel opcionais, que disponibilizam uma capacidade combinada de 1.600 folhas, situação que se torna ideal para empresas com necessidade de grande volume de impressão e diferentes requisitos em termos do papel a utilizar.

Podem ser seleccionados diferentes tipos de papel, gramagens e dimensões, incluindo envelopes e o formato A6, por forma a executar trabalhos de impressão de forma consecutiva, evitando assim a interrupção do trabalho.

Brother

A Brother colocou recentemente no mercado uma nova gama de equipamentos de impressão, destinados a diferentes tipos de utilizadores.

Na área dos equipamentos multifunções de tinta estão à venda nove novos modelos, cinco com fax (MFC) e os restantes sem esta funcionalidade (DCP).
Entre as novidades destes equipamentos, que têm preços entre os 79 e os 139 euros, está a disponibilização de visores LCD em todos eles e a conectividade Wi-Fi em seis.

Já na gama de impressoras laser mono, a empresa lançou a HL-2240D e a HL-2250DN, ambas com a funcionalidade duplex.

A velocidade de impressão oferecida vai até aos 24ppm, sendo a resolução HQ1200 (2.400 x 600dpi). A primeira impressão é feita em menos de 8,5 segundos e são fornecidas com toner mono inicial para 700 páginas, entre outras características.

Além dos novos equipamentos, as novidades na área da impressão passam também pela estratégia, e neste sentido, recorde-se que duas das gigantes da impressão, a HP e a Xerox, anunciaram há pouco tempo uma aposta reforçada nos serviços em mobilidade.

A HP avançou com o ePrint Center, um serviço que permite não só o acesso aos conteúdos através dos equipamentos, como a impressão remota, ordenada a partir de um dispositivo como um smartphone.

A estratégia da Xerox vai no mesmo sentido, com a empresa a anunciar a Print Mobile Solution, cujo lançamento comercial previsto para o início de 2011.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.