A remodelação da marca Packard Bell, confirmada há cerca de um ano, não foi em vão. A empresa tem vindo a manter-se fiel à sua filosofia de associar a facilidade de utilização, com a modernidade e o design e a nova gama de produtos que vai colocar nas lojas ao longo dos próximos meses é o reflexo desta estratégia.

Os novos equipamentos foram apresentados hoje e continuam a seguir uma linha com cores mais arrojadas, mobilidade e economia de espaço. Notebooks e netbooks, computadores de secretária all-in-one, monitores e outros periféricos fazem parte das novas propostas da empresa do Grupo Acer, que não desperdiça o valor das marcas adquiridas, onde se contam também a Gateway e a eMachines.

Entre os novos portáteis o EasyNote Butterfly s destaca-se pela reduzida espessura e peso. É o portátil mais fino e leve de sempre da marca, com apenas 19 mm e 1,75 Kg, embora ainda acima dos sub-notebooks.

Com um ecrã de 13,3 polegadas, o conceito agradará certamente a quem valoriza a mobilidade, até porque a bateria tem uma duração de 9 horas, segundo os dados da fabricante. A tampa é de alumínio, que contribui para o peso reduzido e combina com as teclas que reproduzem o aspecto metálico.

[caption]Packard Bell EasyNote Butterfly S[/caption]

[caption] Packard Bell EasyNote Butterfly S [/caption]O painel táctil azul glaciar marca também a diferença na navegação pelos menus e nas ferramentas de imagem, suportando novas funcionalidades multigesto para zoom e efeitos de zapping recorrendo ao toque com dois dedos. O ecrã LED, o processador Intel Core i3, i5 ou i7 UM (consoante as opções) e a placa gráfica NVIDIA GeForce GT310M, com 512 MB de memória dedicada, garantem o desempenho.

A tecla Packard Bell Social Networks está também presente para facilitar o acesso a uma barra criada pela empresa no lado direito do ecrã, onde o utilizador pode aceder de forma fácil ao Facebook, YouTube e Flickr para publicar os seus comentários, jogar Famville ou actualizar o perfil e ver e partilhar imagens e vídeos.

Este modelo chega às lojas já em Agosto e o preço estimado de venda a público está definido a partir de 699 euros, dependendo da configuração escolhida.

Também previstos para Agosto, a linha EasyNote série X vai contar com dois novos modelos, o NX e o TX, com preços mínimos equivalentes ao Butterfly S. Os ecrãs destes portáteis são maiores – de 14 e 15,6 polegadas, respectivamente – e também se existe mais músculo para transporte, mas não ultrapassando os 2,5 Kg.

[caption]Packard Bell EasyNote serie X[/caption]

O preço é a partir de 599 euros para o EasyNote NX e de 699 euros para o EasyNote TX, para as configurações mais baixas. Os processadores também são Intel Core i e a placa gráfica NVIDIA, estando prometida uma autonomia de bateria de 8 horas.

Já na gama de netbooks, as adições da Packard Bell são três, na linha dot, com o dot s, o dot a e dot u. A linha é comum mas a serie dot s distingue-se pelo design e pelo ecrã LED com retroiluminação.

[caption]Packard Bell dot s[/caption]

Disponível nas cores preto, champagne e rosa, o design “dá nas vistas”, sobretudo na tampa devido ao padrão que se repete no apoio de mãos.

O processador é um Intel Atom e a bateria dura até 8 horas, trazendo o notebook uma unidade de disco rígido de até 250 GB, um leitor multi-cartões e a versão completa do Adobe Photoshop Elements 8, o que mostra a sua vocação para a edição de fotografias. Esta é complementada com o ecrã LED retroiluminado e painel táctil multi-gesto.

Este netbook vai estar à venda em Agosto, com um preço a partir de 299 euros, chegando mais tarde do que os modelos dot a e dot u, que começam a ser vendidos já em Julho por preços que começam numa fasquia mais alta, a partir de 399 euros.

Estes dois netbooks divergem porém na escolha do processador: o dot a opta por um AMD, complementado com uma placa gráfica ATI Radeon, enquanto o dot u se mantém fiel à Intel. Fora este pormenor as opções são semelhantes, em termos de design e de “enquadramento”

[caption]Packard Bell dot s[/caption]

Entre as novas propostas da Packard Bell conta-se ainda uma renovação da linha all in one, com o oneTwo, um computador de secretária onde continua a valer a integração numa única peça, a combinar com um estilo mais familiar de utilização do computador.

O ecrã táctil de 21,5 e 23 polegadas, Full HD, dá-lhe a versatilidade que muitos necessitam, transformando-o facilmente numa máquina de jogos, ecrã para filmes ou mesmo placar de mensagens. As aplicações Packard Bell TouchPortal e TouchGadgets complementam as funcionalidades de toque já incluídas no Windows 7.

[caption]Packard Bell dot s[/caption]

Com processador Intel ou AMD, à escolha do comprador, este equipamento pode incluir drive para discos Blu-ray. Conte ainda com 6 portas USB para ligar todos os gadgets e um leitor de cartões 5 em 1, assim como uma webcam integrada.

O modelo de 21 polegadas estará à venda no próximo mês por um preço a partir de 799 euros, enquanto o de 23 polegadas chega às lojas em Agosto e vai custar mais de 999 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.