Já lá vai o tempo em que para existir um coro era necessário um conjunto de pessoas juntas fisicamente a cantarem em simultâneo. Uma das provas disso mesmo surge com o Virtual Choir, uma plataforma online que une cantores de todo o mundo numa paixão comum pela música e que em plena pandemia reuniu mais de 17.000 cantores num coro virtual, um recorde para o site.

Criado em 2009, através do compositor e maestro americano Eric Whitacre, o site reúne cantores de uma nova forma com a tecnologia. O objetivo é que os músicos gravem o momento em que estão a cantar e enviem o vídeo, independentemente do lugar onde estejam. Cada um dos vídeos é sincronizado e combinado numa única performance, criando-se assim um coro virtual.

A ideia surgiu quando uma fã do maestro lhe enviou um vídeo dela própria a cantar uma das suas composições. Eric Whitacre viu o conteúdo e pediu a outras pessoas que se gravassem enquanto cantavam outras partes da mesma música para formar um "coro".

Veja na fotogaleria as seis atuações do coro virtual desde 2010. 

Desde 2010, ano em que foi compilado o primeiro coro virtual, que já estão disponíveis na plataforma seis exibições. A última, e em plena pandemia, foi publicada a 19 de julho e é o maior projeto do site até agora. Ao todo participaram 17.572 cantores em perfeita harmonia, mesmo separados uns dos outros fisicamente.

Assista ao vídeo da última atuação do coro virtual.

Os números de agora contrastam com a realidade inicial. Em 2010 participaram 185 cantores no primeiro coro virtual, passando para mais de 8.000 vozes em 2018.

Na prática como é que todo o processo se desenrola? O site conta com três pessoas responsáveis pela edição de áudio e seis membros que revêm cada submissão dos vídeos, integrando ainda dois produtores executivos. Aos que estão de fora, resta desfrutar da música.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.