No site Project Bloks encontramos tudo sobre a nova plataforma de hardware criada pela Google com o propósito de ensinar crianças a partir dos cincos anos a programar.

A gigante da Internet expande assim um pouco mais a sua área de investigação e desenvolvimento na área dos projetos educativos, desta vez com base em experiências em que as crianças podem criar sozinhas pequenos conjuntos de hardware que comunicam entre si num sistema de módulos.

E esses módulos, por assim dizer, estão divididos em três partes (ou tipos): o Brain Board é um pequeno dispositivo que no interior tem uma minúscula placa Raspberry Pi Zero e serve de unidade central, alimentado os restantes módulos; por outro lado, os módulos Pucks e Base Board constituem as outras duas partes do sistema Bloks.

Basicamente, a Base Board lê os sinais que vêm dos Pucks e passa a informação à Brain Board, tudo num pequeno universo de comunicação que faz com que fragmentos de programação desencadeiem diferentes e simples processos ou movimentos.

O Project Bloks pode assim controlar um robot Lego WeDo 2.0, por exemplo, diz o site TechCrunch.com. Na origem deste sistema de programação educacional estiveram profissionais do Creative Lab da Google, a empresa de design IDEO e Paulo Blikstein, diretor do Transformative Learning Technologies Lab da Universidade de Stanford.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.