[caption]constitute[/caption]

A compra está relacionada com os planos da rede social para criar uma Internet de baixo custo em economias carenciadas. A tecnologia será usada no desenvolvimento de formas de reduzir a quantidade de dados necessários para correr aplicações internet.

Os detalhes financeiros do negócio não foram divulgados, mas a imprensa internacional fala em valores entre os 150 milhões e os 200 milhões de dólares pela compra.

Assim que a operação de venda estiver concluída, a Onavo passa a ser gerida como uma marca independente. A empresa vai manter os seus escritórios em Israel.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.