Fazer um vídeo pode ser uma boa alternativa para aqueles que ainda não sabem o que oferecer para complementar uma prenda para um amigo ou familiar. Se ainda tiver tempo (e paciência) junte umas fotografias engraçadas, uma música animada e uma gravação em vídeo de uma mensagem sua e junte tudo num CD.

Para fazer a edição do vídeo temos algumas sugestões para si que vão além do tradicional MovieMaker ou do iMovie.

Jahshaka

Pode optar por ferramentas gratuitas existentes online como, por exemplo, o Jahshaka, uma aplicação opensource e multiplataforma para edição de vídeo. Esta é uma ferramenta bastante completa que usa OpenGL e OpenML com diversas características, incluindo 3D, que dão diversas funcionalidades bastante úteis para quem quer editar um vídeo.

O programa inclui vários módulos de processamento de imagens e, actualmente, está disponível para vários sistemas operativos, incluindo Mac OS X, Irix e Windows.

Video Workshop

Esta é uma boa alternativa a todos os utilizadores amadores. O Video Workshop inclui vários módulos de edição e conversão e é bastante intuitivo, o que facilita o trabalho a todos aqueles que ainda estão a aprender a manusear este tipo de programas.

A aplicação converte formatos como AVI, MPEG, WMV, ASF, RM, MOV ou QT e ainda permite cortar ou adicionar cenas ao vídeo, comprimir os arquivos de áudio para formato MP3, entre outras tarefas.

Compatível com Windows 98, ME, 2000, NT, XP e Vista, esta aplicação é gratuita tem um tamanho de 11.571 Kbs e está disponível para descarga sob licença shareware.

CombiMovie

É outra alternativa aos editores tradicionais. O CombiMovie é uma ferramenta através da qual pode juntar de forma rápida e eficaz dois ou mais arquivos de vídeo, em formato MPEG. Para isso, a única coisa que tem de fazer é seleccionar os ficheiros e depois deixar o trabalho por conta da aplicação.

O programa irá juntar num único arquivo todas as sequências que indicar e, se fizer duplo click sobre o nome de um vídeo, o programa ainda lhe permite realizar uma visualização prévia do mesmo.

O único detalhe menos positivo nesta aplicação passa pela única compatibilidade a XP e pela falta de capacidade de suporte a ficheiros com demasiado peso. Um dos conselhos da equipa de produção desta ferramenta passa pela não utilização de arquivos com mais de oito megas pois existe a possibilidade de bloquear a aplicação…

Axogon Mutator

Esta ferramenta permite que crie fundos diferentes para as suas produções. Traz consigo um conjunto de opções que garantem a aplicação de efeitos coloridos que se podem colocar nas sequências dos vídeos e beneficia por ser fácil de utilizar.

A compatibilidade desta ferramenta vai mais além das anteriores já que é compatível com Windows 95, 98, ME, NT, XP e Vista e permite exportar filmes para formatos AVI e QuickTime. Está disponível em versão gratuita para testes mas também pode ser adquirida por 24 dólares.

Mpeg Splitter

O Mpeg Splitter é uma ferramenta com múltiplas funções que permite juntar, cortar e editar os seus vídeos de uma maneira rápida e fácil.

Quantas vezes não deu por si a ver um vídeo que, no seu entender, é perfeito mas tem algumas imagens que poderiam simplesmente "saltar fora"? é neste tipo de situações que precisamos de uma aplicação que nos ajude a cortar o vídeo. O Mpeg Splitter é uma aplicação dedicada exclusivamente a cortar vídeos em formato MPEG, sem distorcer ou reduzir a sua resolução.

Esta plataforma é compatível com Windows 98, Me, NT, 2000, XP, 2003 e Vista, está disponível sob licença shareware e tem um tamanho de 428kbs.

Estas são algumas sugestões que o TeK tem para si. Existem ainda outras plataformas de interesse como o Avidemux. Uma ferramenta gratuita para edições simples, como corte, filtragem ou codificação, o Cinelerra, ferramenta para Linux para utilizações profissionais de alta-qualidade em captura, composição e edição ou o Kino, para edição de vídeos em formato digital.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.