Se houve algo realmente revolucionário no advento da Internet podemos apontar uma seta muito grande às mensagens instantâneas ou IM. O conceito de IM está hoje por detrás da forma como vemos a Internet, seja como espaço de lazer, para manter o contacto com amigos, por muito longe que estejam, seja a nível profissional, permitindo criar escritórios e espaços de colaboração e de trabalho que existem puramente online.

Os efeitos sociológicos das mensagens instantâneas, incluindo novas formas de relacionamento inter-pessoal, são também algumas das mais perenes marcas da internet.

Desde os 'bulletin boards' (uma espécie de fundações e simultaneamente, subterrâneos da net), passando pelo ainda popular IRC, pelo omnipresente 'Messenger', da Microsoft e até à Web 2.0, VOIP, conceitos modernos de presença online e o fenómeno dos SMS, tudo é IM.

Na verdade e actualmente, o panorama das IMs é mais ou menos dominado pela plataforma .NET da Microsoft, tendo como principais expoentes os diversos clientes publicados pela empresa de Redmond, incluindo uma das mais recentes versões, o Windows Live Messenger. Já bem para além das mensagens escritas, o Windows Live Messenger suporta VOIP e videochamada.

[caption]Windows Live Messenger[/caption]

A maior parte dos clientes actuais fazem questão de, por muitos protocolos que suportem, assegurarem a compatibilidade como o serviço Messenger, tal como o Yahoo! Messenger, que, apesar de operar o seu próprio protocolo, com implementações específicas de VOIP e videochamada, é inteiramente compatível com contas de utilizador Messenger.

[caption]Yahoo! Messenger[/caption]

Um exemplo nacional é o Sapo Messenger, um verdadeiro cliente multi-protocolo, que, para além de permitir a conversação entre utilizadores da comunidade Sapo, permite, ainda, que estes utilizem as suas contas de outros protocolos, incluindo Messenger, AIM e Jabber, num único interface unificado.

[caption]Sapo Messenger[/caption]

O Jabber ou XMPP é um dos protocolos de IM emergentes e um dos principais rivais do Messenger da Microsoft. Apresenta a mais-valia clara de ser um protocolo livre e gratuito, podendo, à semelhança do email, ser implantado através dum domínio exclusivo, por qualquer utilizador. Uma das mais relevantes plataformas e comunidades com uma implementação de Jabber é o GTalk, da Google.

[caption]GTalk[/caption]

A maior parte dos clientes multi-protocolo, independentemente do sistema operativo, aceitam implementações Jabber. Alguns exemplos incluem o iChat, da Apple, a aplicação de IM integrada em Mac OS X e que para além de fornecer serviços de comunicação em tempo real à comunidade Apple, através de contas .mac.com ou me.com, oferece ainda integração com a comunidades AIM e ICQ, bastante populares nos Estados Unidos.

[caption]iChat[/caption]

Em Mac OS X está ainda disponível o cliente Adium, que leva a funcionalidade do iChat um pouco mais longe, permitindo integrar uma conta Messenger, para além das acima descritas, mas sem possibilidades de videochamada.

[caption]Adium[/caption]

Relativamente longe destas guerras de protocolos, até porque se trata de uma solução integrada de protocolo, rede e cliente, está o Skype. Embora o Skype esteja bastante mais conotado com funcionalidades VOIP, entre utilizadores Skype e para a rede de telefonia fixa e móvel internacional, permite, igualmente texto.

[caption]Skype[/caption]

Com tanta oferta e diversidade, o mais dificil é escolher. Isto se ainda é dos (muito) poucos que não usa o IM...

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.