Polémica à parte, o Acordo Ortográfico já entrou em vigor no Brasil a 1 de Janeiro deste ano e em Portugal algumas publicações estão a adoptar as novas regras, preparando-se para a mudança que será inevitável em 2012. Neste período de transição muitas serão as dúvidas e os desencontros, mas convém ter as aplicações informáticas preparadas para as novas formas de grafia e o conhecimento na ponta da língua, ou dos dedos, para não ser apanhado em falso.

Em Portugal o Jornal Record e o semanário Despertar, o mais antigo jornal de Coimbra, já estão a usar as novas regras, adoptadas desde o início do ano. As duas publicações consideraram que era importante adaptar os leitores e também as redacções às mudanças que se avizinham. Em ambos os casos as alterações são "descodificadas" para os leitores mais distraídos ou não habituados às novas regras irem interiorizando as mudanças.

Para além destes casos pioneiros, não faltará quem já pretenda estar preparado para o Novo Acordo ortográfico, uma questão que é mais premente no Brasil ou para quem trabalha com este mercado.

A pensar nisso, várias empresas de ferramentas linguísticas prepararam conversores online, ou mesmo novos correctores ortográficos e sintácticos, que funcionam em integração com aplicações de produtividade e podem ajudar a evitar erros desagradáveis.

A Priberam é uma das empresas que já tem disponíveis novas versões dos seus correctores ortográficos e sintácticos para o português de Portugal e do Brasil, com a aplicação Flip para sistemas Mac, oferecendo aos utilizadores a opção para manter a grafia actual ou com as regras do Acordo Ortográfico. A nova versão da aplicação para Windows, o Flip 7 que está actualmente em beta, já vai integrar também as novas regras.

No site do Flip é ainda possível usar o corrector online, nas duas versões, e um conversor de texto que permite "traduzir" directamente blocos de texto para a nova grafia, em português do Brasil e de Portugal.

[caption]Flip[/caption]

Para os mais curiosos sobre as novas regras a Priberam tem no site o texto integral do Acordo Ortográfico de 1990, anotado pelos linguistas da empresa, assim como do Acordo de 1945.

Também a Porto Editora tem no site Português Exacto uma excelente fonte de informação e um conversor para as novas regras, embora para estar 100% de acordo com a nova grafia o nome mais correcto fosse "Português Exato".

O Guia do Acordo Ortográfico simplifica a percepção das regras que mudam a nível do Alfabeto, da acentuação gráfico, hifenização e utilização de maiúsculas e minúsculas, mas pode também aceder ao texto do Acordo tal como publicado na Resolução da Assembleia da República 26/91.

[caption]Português Exacto[/caption]

Mais à frente na integração das novas regras, o OpenOffice já conta com um plug-in que permite a correcção ortográfica para o Acordo Ortográfico. A aplicação chama-se Vero
e pode ser descarregada gratuitamente no site do projecto no Brasil, o se BrOffice, podendo ser usada também no Firefox, o que facilita a escrita de emails em sistemas webmail e de textos no Google Docs.

[caption]Português Exacto[/caption]

A Microsoft Portugal garantiu ao TeK que está também a trabalhar na actualização das ferramentas linguísticas para o Word, a aplicação de texto do Office da Microsoft, mas não adianta uma data para a sua disponibilização. Não há também confirmação de que o novo Office, o 14, já integre estas adaptações às regras do Acordo Ortográfico.

Quem não quiser ficar à espera poderá optar por comprar o Flip que garante a integração com as ferramentas do Office…

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.