A rede social que se tornou um fenómeno de massas conta actualmente com mais de 500 milhões de utilizadores. E continua a crescer. Com ela crescem também as probabilidades de sermos encontrados por quem não gostaríamos que tivesse acesso, por exemplo, às fotos daquela festa em que acabámos a dançar em cima da mesa.

Está bem, talvez não precisemos de ser tão extremistas, mas é certo que com a enorme quantidade de informação que nós - e os nossos contactos - estamos constantemente a colocar online, se revelam gostos, traços de personalidade ou simplesmente acontecimentos que não temos qualquer espécie de interesse em que sejam conhecidos pelo chefe. Ou pelo colega do lado.

Certo é que cada vez mais gente vê os seus perfis no Facebook inundados de pedidos de amizade de pessoas com as quais mantém relações que se ressentiriam com a recusa de um convite para fazer parte do seu círculo de amigos virtuais - para não dizermos directamente que não se podem dar ao luxo de rejeitá-los.

A pensar nisso (ou não), o serviço tem uma ferramenta que pode ser extremamente útil quando usada a favor de todas as vítimas das "amizades à força" espalhadas por este mundo (virtual) fora. Curiosamente, não se encontra na zona destinada às ferramentas de privacidade, que já foi objecto de um artigo no TeK, mas promete fazer muito pela dita.

Trata-se da possibilidade de criar várias listas com diferentes graus de permissões para acesso aos conteúdos alojados no perfil do utilizador ou relacionados com ele - nomeadamente graças às famosas "identificações" em fotografias, em que o pobre internauta até pode estar sossegadinho no canto do seu Facebook a ordenhar ovelhas, mas há alguém que resolve criar uma ligação directa entre este e a imagem captada na festa temática de sábado passado.

[caption]Facebook[/caption]

Depois de criadas as listas, a partir da secção "amigos", estas podem ser usadas para determinar quem tem acesso aos vários tipos de conteúdos, recorrendo à secção destinada à personalização das opções de privacidade - com a vantagem de que todas as pessoas incluídas na mesma lista terão automaticamente os mesmos privilégios que foram atribuídos ao respectivo grupo, ao invés de ser necessário definir para cada contacto em particular aquilo a que queremos que ele tenha acesso.

[caption]Facebook[/caption]

Para além de se poupar tempo e trabalho, é possível, logo que se adiciona um novo contacto, associá-lo a uma lista, o que previne que aquela pessoa chegue sequer a ter acesso aquilo que não queremos partilhar com ela.

[caption]Facebook[/caption]

A tarefa exige algum trabalho numa primeira utilização, já que é necessário proceder primeiro à criação das listas - que é feita na área reservada aos contactos, à qual podemos aceder, por exemplo clicando na opção "ver todos", a partir da janela Amigos, no Perfil - e depois à personalização das opções de privacidade.

Para isso, é preciso aceder ao menu Conta, no canto direito do site, e seleccionar Definições de Privacidade, escolhendo depois "personalizar definições".

[caption]Facebook[/caption]

Aí será possível vedar a determinadas listas o acesso a qualquer um dos itens apresentados - desde a informação pessoal do perfil, às publicações do utilizador e dos amigos, fotografias, ou até mesmo a autorização para publicar no seu perfil.

[caption]Facebook[/caption]

À frente de cada um dos campos existe um menu onde pode ser seleccionada a opção "personalizar", sendo apresentado um quadro onde existe a opção "ocultar isto de". Introduzindo o nome da lista criada nesse campo, passam a estar vedados, aos contactos nela incluídos, os conteúdos em questão.

[caption]Facebook[/caption]

Esta pequena maravilha promete poupar tempo e chatices, oferecendo aquilo que gostamos de comparar a um sucedâneo do "sorriso amarelo", mas para o Facebook - ao qual podemos recorrer sempre que nos virmos obrigados a acrescentar à lista mais um contacto com o qual não temos vontade nenhuma de partilhar a brutal pontuação obtida no Mafia Wars… por exemplo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.