A Google decidiu antecipar-se à Apple na batalha pela atenção mediática e apresentou hoje, 15 de outubro, o smartphone Google Nexus 6. Com um ecrã de 5,96 polegadas e resolução de 2.560x1.440 píxeis, processador de quatro núcleos a 2,7Ghz, unidade de processamento gráfico Adreno 440, sensor fotográfico de 13 megapíxeis e uma bateria de grande capacidade, este é o primeiro equipamento a ser produzido pela Motorola.



Na realidade o Nexus 6 tem muitas parecenças físicas com o Moto X, dando a sensação de ser apenas uma versão maior e mais apurada do smartphone da empresa que vai integrar a Lenovo.



Na parte frontal existem duas colunas de som, uma na parte superior e outra na parte inferior, para que a experiência multimédia com o telemóvel possa ser mais completa. Já no campo da fotografia destaque para a lente com abertura f/2.0, que tem ainda promessas de conseguir fotografias de elevada qualidade com o recurso a processamento High Dinamic Range (HDR).



A bateria de 3.220mAh promete 24 horas de utilização constante, além de ter um modo especial que permite reunir energia suficiente para seis horas de utilização apenas com 15 minutos de carga elétrica.

O Nexus 6 vai estar disponível para compra no final do mês de outubro - ainda não há uma data concreta. A Google diz que o equipamento pode ser comprado na Play Store, mas não especifica se é a de todos os países ou se apenas de alguns mercados. Lembra-se que Portugal tem neste momento o Nexus 5 e o Nexus 7 à venda na loja online da tecnológica.



Em nota de imprensa a Google diz que o modelo de 32GB vai custar 649 dólares, enquanto a versão de 64GB custará 699 dólares. Numa conversão cambial, dá um intervalo entre os 510 e os 545 euros.



Estejam juntos. Não sejam o mesmo



Uma das maiores novidades do Nexus 6 acaba por ser a inclusão da versão Android 5.0, que foi hoje batizada de Lollipop. Depois de muitos rumores e especulações a Google acabou por escolher um dos nomes mais óbvios e que tinha sido apontado há bastante tempo como possível candidato.



Entre as principais novidades do novo Android, que o TeK já detalhou, estão um design renovado e que é denominado de Material Design, um novo sistema de notificações, um novo sistema de gestão multitarefa e um novo gestor do tempo útil da bateria.



Além do smartphone a Google também apresentou um tablet, o Nexus 9, e um leitor multimédia que dá pelo nome de Nexus Player.



O Android Lollipop vai estar disponível de origem em três dispositivos - o Nexus 6, Nexus 9 e o Nexus Player -, estando prevista a sua chegada aos Nexus 5, Nexus 7, Nexus 10 e todos smartphones Google Play Edition nas próximas semanas. Outros equipamentos também deverão ter acesso ao novo sistema operativo móvel da Google, sendo que cabe agora aos diferentes fabricantes anunciar os equipamentos suportados.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.