Uma startup francesa, com o apoio do jornal Nice-Matin, lançou esta semana uma aplicação para iOS e para Android que ajuda a espalhar a mensagem de apoio à liberdade de expressão depois do atentado à redação do Charlie Hebdo que vitimou 12 pessoas. A aplicação foi imediatamente disponibilizada na loja da Apple depois de um email enviado a Tim Cook.



Por norma as aplicações na App Store levam até seis dias para serem aprovadas, enquanto na Play Store a aprovação faz-se em algumas horas, como refere a empresa AppMaker.



Nos últimos dias foi gerada uma grande onda de apoio à liberdade de expressão, assistindo-se à concentração de milhões de pessoas um pouco por todo o mundo. Como sempre, a tecnologia vem dar uma ajuda e a aplicação "Je Suis CHARLIE!", disponibilizada na App Store desde domingo, 11 de janeiro, chegou para ajudar a espalhar essa mensagem.

Depois do desenvolvimento do software, a jovem empresa francesa enviou um email diretamente a Tim Cook para que não fosse necessário passar por todo o rígido processo de aprovação a que as apps do iOS estão sujeitas. Menos de dez minutos depois, um assessor do CEO da Apple enviou uma resposta curta, mas direta: “Boa ideia, pessoal. Estamos convosco!”. Pouco tempo depois, a aplicação estava disponível para download gratuito.



A aplicação abre um mapa e mostra o número de apoiantes da causa #JeSuisCharlie que efetuaram o registo. Até ao momento foram já contabilizados mais de 89 mil utilizadores.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.