A Apple removeu da AppStore aquela que se diz ser a última carteira de Bitcoins existente para o iOS. Os responsáveis pela Blockchain foram apanhados de surpresa ao terem recebido uma notificação da tecnológica de Cupertino onde era dito que a retirada da app estava relacionada com "questões não resolvidas".

Além do desaparecimento pouco justificado, o caso fica mais curioso sabendo que a Apple tem operado uma "purificação" na AppStore relativamente a carteiras móveis de Bitcoins. Ou seja, a Apple tem eliminado todas as aplicações do género que tem encontrado.

De acordo com a Wired, a Bitpak e a Coinbase tiveram destinos semelhantes à Blockchain. A marca da maçã ainda não se pronunciou sobre o caso.

O diretor executivo da Blockchain, Nicolas Cary, acredita que a "limpeza" está relacionada com o serviço que a Apple está a desenvolver no segmento dos pagamentos móveis e digitais. "Acho que a Apple se está a posicionar para entrar nos pagamentos móveis de uma maneira que eles ainda não descreveram publicamente e estão a ser anticoncorrenciais", considerou o executivo.

A esta teoria acresce o facto de a aplicação ter estado disponível na AppStore durante mais de dois anos e nunca ter enfrentado qualquer tipo de problema. Quem tem a aplicação Blockchain instalada pode continuar a utilizá-la, só não vai poder receber atualizações oficiais através da AppStore.

Em contrapartida na loja do Android a Blockchain e a Coinbase continuam disponíveis.

Uma outra razão para as remoções pode estar relacionada com o quadro legal muito diversificado e por vezes pouco esclarecido em que o Bitcoin está envolvido em vários países do mundo.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.